câmara dos deputados
Compartilhar

A campanha histórica na conquista do heptacampeonato brasileiro do Corinthians

Por Francielly Azevedo e Roger PereiraA temporada 2017 será marcada para sempre na memória dos corintianos. Contrariando..

Francielly Azevedo - 30 de dezembro de 2017, 08:37

Por Francielly Azevedo e Roger Pereira

A temporada 2017 será marcada para sempre na memória dos corintianos. Contrariando muitas previsões, o Corinthians iniciou o ano com o pé direito ao erguer a taça do Campeonato Paulista

e ainda entrou para a história com a conquista do heptacampeonato brasileiro.

Um dos destaques da campanha vitoriosa foi Fábio Carille, o treinador novato na função e que muitos diziam que não aguentaria a pressão até o fim. Seguindo o que aprendeu com seus mentores Mano Menezes e Tite, Carille montou uma equipe organizada e destemida. Receita que fez o Corinthians ficar com o troféu estadual e terminar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro invicto, sendo o primeiro time a conquistar esse feito desde que a competição passou a ser disputada por pontos corridos.Foram 47 pontos somados, com 14 vitórias e cinco empates.

Nessa sequência histórica no Brasileirão, algumas partidas foram marcantes. As vitórias nos clássicos contra Santos (2 x 0) e São Paulo (3 x 2) na Arena Corinthians; a goleada por 5 a 2 sobre o Vasco em pleno estádio de São Januário; o triunfo sobre o Grêmio (1 x 0) na casa do adversário, abrindo vantagem de quatro pontos na liderança, que não seria mais tirada; e a vitória contra o Palmeiras no Allianz Parque, 2 a 0 sobre o rival.

Mas nem tudo foi fácil para o Timão. Chegou a titubear nos dois primeiros terços do segundo turno, fazendo com que as dúvidas surgissem e a possibilidade título ficasse quase para trás. Logo na primeira partida do segundo turno, derrota para o Vitória por 1 a 0 na Arena Corinthians, fim da invencibilidade e início de um período complicado. Desperdiçando muitos pontos tanto em casa quanto como visitante, o Timão viu a vantagem diminuir cada vez mais até a reta final da competição.

Mas foi só quase. Depois do momento complicado, o time respondeu e correu atrás do prejuízo justamente em uma das partidas mais importantes da temporada. Na 32ª rodada, no clássico paulista, ainda líder, o Corinthians entrou em campo a cinco pontos do Palmeiras, segundo colocado, que vinha embalado por vitórias nos jogos anteriores. Só que com a Arena Corinthians lotada (recorde de público em jogos do Timão na história do estádio com 46.090 pagantes), o Alvinegro fez 3 a 2 no rival em um duelo emocionante, voltou a vencer depois de quatro partidas e iniciou a arrancada rumo ao sétimo título brasileiro.

Depois do clássico, vieram três vitórias (Avaí, Atlético-PR e Fluminense) que fariam do Corinthians o campeão brasileiro de 2017, com três rodadas de antecedência. O Timão terminou o Brasileirão com 72 pontos, somando 21 vitórias, nove empates e oito derrotas.

O ataque alvinegro marcou 50 gols, 18 deles de Jô, artilheiro do campeonato ao lado de Henrique Dourado, do Fluminense (outro fato histórico, já que o Timão nunca havia tido o goleador máximo da competição). Já a defesa sofreu apenas 30 gols em 38 jogos, média de menos de um por partida, a melhor entre os 20 clubes participantes.

De quebra, a conquista fez do Corinthians o único time do país a possuir sete taças do Campeonato Brasileiro desde 1971, o maior campeão brasileiro dos últimos 46 anos.

 

Confira os jogos do hepta do Corinthians:

1ª rodada

Vasco 2 x 5 Corinthians | São Januário, Rio de Janeiro-RJ

Gols: Marquinhos Gabriel, Jô, Maycon e Clayton (2)

6ª rodada

Corinthians 2 x 2 Atlético-PR | Arena Corinthians

Gols: Jô (2)

15ª rodada

Corinthians 3 x 1 Coritiba | Arena Corinthians

Gols: Jô e Clayson (2)

28ª rodada

Corinthians 3 x 1 Fluminense | Arena Corinthians

Gol: Jô (2) e Jadson

36ª rodada

Sport 1 x 0 Corinthians | Ilha do Retiro, Recife-PE