câmara dos deputados
Compartilhar

Atlético-PR e União fazem primeiro jogo da Taça Caio Júnior

Será dada a largada para a Taça Caio Júnior, equivalente ao segundo turno do Campeonato Paranaense. Neste sábado (3), às..

Francielly Azevedo - 03 de março de 2018, 08:29

Será dada a largada para a Taça Caio Júnior, equivalente ao segundo turno do Campeonato Paranaense. Neste sábado (3), às 16h (de Brasília), Atlético-PR e CE União fazem o primeiro jogo desta etapa da competição na Arena da Baixada.

Para o duelo, o rubro-negro tem novidades e espera repetir a boa campanha que fez no primeiro turno. A equipe teve a melhor campanha da Taça Dionísio Filho (invicta com quatro vitórias e três empates), mas foi eliminada pelo Rio Branco nos pênaltis na semi-final.

O time de Tiago Nunes passou por mudanças na lista de inscritos. Os goleiros Felipe Alves e Gabriel substituíram Juliano e o lesionado Léo. Além disso, foram incluídos o zagueiro Lucas Halter, os meias Matheus Anjos e Alex Sandro e os atacantes Marcinho, Ribamar e Pablo.

Com as modificações, Matheus Anjos e Marcinho são fortes candidatos as vagas de titulares na equipe. No gol, sem Santos que permanece com o elenco principal, Caio e Felipe Alves são opções.

Sendo assim, o provável Atlético-PR tem Caio (Felipe Alves); Gustavo Cascardo, Emerson, Zé Ivaldo e Renan Lodi (Nicolas); Deivid, Bruno Guimarães, Matheus Anjos e João Pedro; Marcinho e Ederson.

O duelo será comandado pelo árbitro Adriano Milczvski, auxliado por Heitor Alex Eurich e Euclides Lucas José Garcia.

União

A equipe beltronense é dona da pior campanha da primeira fase do Estadual, com apenas uma vitória - 2 a 1 em cima do Paraná na estreia. Depois disso, somou cinco derrotas seguidas. Na classificação geral, o União é o penúltimo, à frente apenas do Prudentópolis.

Para buscar uma reação, o time tem reforços: o goleiro João Paulo, os zagueiros Henrique e Jonathan, o meia Vitor Feijão e o atacante Schwenck. Destes, só Schwenck deve ser titular.

O técnico Ivair Censi deve escalar o União com Marcos Paulo; Júlio Lopes, Casemiro, Spice e Thiaguinho; Pacato, Sato, Sorbara e William; Welisson e Schwenk.