câmara dos deputados
Compartilhar

Atacante diz que não foi pênalti em lance vital para a Chape

A conquista da Copa Suruga pelo Urawa Red Diamonds, na manhã desta terça-feira (15), diante da Chapecoense continua a re..

Redação - 15 de agosto de 2017, 17:28

A conquista da Copa Suruga pelo Urawa Red Diamonds, na manhã desta terça-feira (15), diante da Chapecoense continua a render. A penalidade marcada contra a Chape aos 48 minutos decretou o fim do sonho e para piorar, o esloveno Zlatan Ljubijankieč, que sofreu a penalidade, disse aos portais de notícias que não recebeu a falta que originou a penalidade.

Em entrevista ao portal globo esporte, o atleta disse que caiu na área ao se chocar com Grolli, mas o árbitro sul-coreano não quis conversa alguma.

A reação do esloveno gerou muita revolta entre os catarinenses. Zlatan chegou a dizer para o atacante Tulio de Melo que se ele conseguisse falar ao árbitro, diria para não marcar a penalidade. "Fui até o juiz, falei para ter a sensibilidade e conversar com o atleta, que o ajudaria naquela decisão que decidiu o jogo. Só bastava ele conversar", lamentou ao portal.

Douglas Grolli também reclamou muito. "A equipe deles mesmo falou que não foi nada, o árbitro não quis aceitar e voltar atrás. Perder dessa forma é pior", reclamou.