câmara dos deputados
Compartilhar

Conselho administrativo do Coritiba anuncia permanência do técnico Marcelo Oliveira

O Conselho Administrativo do Coritiba anunciou, na tarde desta segunda-feira (16), a permanência de Marcelo Oliveira no ..

Francielly Azevedo - 16 de outubro de 2017, 15:27

O Conselho Administrativo do Coritiba anunciou, na tarde desta segunda-feira (16), a permanência de Marcelo Oliveira no comando técnico do alviverde, após a sequência de nove jogos sem vitórias. O chamado G5 é composto por Rogério Portugal Bacellar, presidente do clube, José Fernando Macedo, primeiro vice-presidente, Gilberto Serpa Griebeler, segundo vice-presidente, Alceni Ângelo Guerra, terceiro vice-presidente e Celson Luiz Andretta, quarto vice-presidente.

"Se você for ao mercado buscar um treinador, você não vai encontrar um técnico mais premiado que o Marcelo Oliveira. Nós temos que estudar muito bem, não é trocar o treinador que garante a sequência de bons resultados. Nós temos que mudar a cabeça dos nossos atletas, porque nós estamos entrando em campo com cabeça de perdedor", afirmou Bacellar.

Segundo o presidente do clube, a coletiva de imprensa foi marcada para dar uma resposta para a torcida, que pede pela saída do treinador.

"A torcida está querendo a cabeça do Marcelo Oliveira, mas também pediu a vinda do Marcelo Oliveira. Nós fizemos um esforço incomum para tê-lo aqui, um dos melhores técnicos do Brasil", explicou.

Bacellar ainda garantiu, que na visão dele, o Coxa vai sair da situação delicada em que se encontra. Atualmente, o Coritiba ocupa a penúltima posição na tabela, com 28 pontos em 28 jogos. O time não vence desde o dia 6 de agosto, quando bateu a Chapecoense, por 2 a 0.  "Se eu não acreditar nos meus jogadores, quem vai acreditar?", indagou o dirigente.

Para o presidente, a receita seria os atletas entrarem em campo sem medo e controlarem a ansiedade. "O problema é que nossos jogadores estavam muito ansiosos, queriam marcar o segundo gol, sem ter feito o primeiro. Eu já conversei com nossos atletas, puxei as orelhas deles e o Marcelo também está insatisfeito", disse Bacellar.

O próximo compromisso do alviverde é nesta quarta-feira (18), às 19h30, contra o Cruzeiro, no Couto Pereira.