câmara dos deputados
Compartilhar

Londrina não segura o líder no Independência

O Londrina fez um grande jogo, saiu na frente, mas não resistiu à pressão do América-MG, líder da Série B do Campeonato ..

Roger Pereira - 01 de agosto de 2017, 22:52

O Londrina fez um grande jogo, saiu na frente, mas não resistiu à pressão do América-MG, líder da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta terça-feira, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O Tubarão tomou a virada, ainda buscou o empate novamente, mas acabou derrotado por 3 a 2. E saiu do jogo na bronca com a arbitragem, por conta do primeiro gol da equipe mineira, originado de um pênalti polêmico.

O Londrina saiu na frente logo aos 10 minutos do primeiro tempo. Em boa jogada tramada por Arthur e Jonatas Belusso, a bola chegou em Celsinho, no segundo pau, para abrir o placar. O Tubarão controlava o jogo e o primeiro tempo caminhava para o final quando, em um cruzamento na área, a bola bate no braço de Gustavo Silva. O árbitro, inicialmente, nada marcou, mas foi avisado pelo auxiliar e mudou de ideia, assinalando pênalti para o América, para revolta dos jogadores do Londrina. Depois de muita confusão, Bill cobrou e empatou o jogo.

No segundo tempo, o time mineiro já começou pressionando, mas o Tubarão se comportava bem defensivamente, sem correr muitos riscos e ainda ameaçando nos contra-ataques, no entanto, Bill acertou um belo chute de fora da área aos 19 minutos, virando o placar para o América.

O Tubarão não se abateu e conseguiu o empate 10 minutos depois, com Jonatas Belusso, artilheiro da Série B, que após receber belo passe de Arthur, driblou o goleiro e empurrou para as redes, marcando se 11º gol no campeonato.

Mas nem deu tempo de comemorar, dois minutos depois, o Coelho voltou a comandar o placar, quando Bill encontrou Luan livre na área para fazer o gol da vitória dos mineiros.

Com o resultado, o América dispara na liderança da Série B, com 36 pontos. O Londrina desperdiçou a chance de entrar no G-4 e caiu para oitavo, com 27. O prejuízo foi ainda pior para o Tubarão porque, após o final da partida, por reclamar acintosamente com a arbitragem, o artilheiro Jonatas Belusso foi expulso e desfalca a equipe na próxima partida, em casa, contra o Vila Nova.