câmara dos deputados
Compartilhar

Paraná viaja para decisão na Copa do Brasil com técnico interino

A delegação do Paraná Clube segue, nesta terça-feira, para São Luís-MA, onde enfrenta, na quinta-feira, o Sampaio Corrêa..

Roger Pereira - 20 de fevereiro de 2018, 18:50

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A delegação do Paraná Clube segue, nesta terça-feira, para São Luís-MA, onde enfrenta, na quinta-feira, o Sampaio Corrêa, pela segunda fase da Copa do Brasil, sem um novo treinador. O clube ainda não definiu o substituto de Wagner Lopes, demitido após a derrota para o Rio Branco, na última quarta-feira e, enquanto negocia com alguns nomes, o comando da equipe na partida eliminatória ficará a cargo do interino Ademir Fesan, integrante da comissão técnica permanente do clube.

“Faremos alguns ajustes, mas sempre mantendo a estrutura já existente. Lamentamos a saída do Wagner Lopes, mas temos que estar preparados para esse jogo, que vale muito”, disse Ademir Fesan. O auxiliar-técnico chegou ao Paraná em setembro do ano passado, ocupando a vaga de Matheus Costa, então promovido à condição de técnico principal da equipe. “Tenho um bom conhecimento do grupo e do clube. Estou aqui para ajudar”, disse Fesan, que foca todas as energias neste duelo frente ao Sampaio.

Ademir Fesan será auxiliado, neste jogo, pelo analista de desempenho Lucas Gonçalves (filho de Otacílio Gonçalves) e pelo coordenador técnico Marcos Oliveira. “O objetivo é fazer um bom jogo, reconhecendo o bom momento do adversário e sabendo que teremos que nos superar”, disse. O Paraná Clube, até aqui, venceu apenas um jogo na temporada, somando outros três empates e três derrotas. “Os números não são bons. Cabe a nós buscarmos as soluções”.

Na delegação que segue para o Maranhão, algumas novidades. Além da presença do garoto Rodrigo Carioca, um dos destaques do clube na última Copa São Paulo Júnior, o treinador relacionou o lateral-esquerdo Marcelo Baez e também o goleiro Richard. O grupo de 20 atletas conta ainda com o reforço do meia Carlos Eduardo. Último reforço contratado pelo Paraná, Cadu vem realizando bons treinamentos e, mesmo não estando apto para suportar 90 minutos, tem grandes chances de fazer a sua estreia com o Manto Paranista.

Soares na mira

Demitido do Atlético no final da temporada passada, Fabiano Soares passou a ser o nome da vez no Ninho da Gralha. O perfil jovem e estudioso do treinador agrada à diretoria paranista e seu interesse em se firmar no mercado brasileiro pode ser um aliado. Em entrevista ao UOL, Soares, que retornou para a Espanha após encerrar seu vínculo com o Atlético, declarou o interesse em voltar a comandar um clube da série A do Campeonato Brasileiro e, desta vez, desde o início da competição, para poder ajudar a montar o elenco e implementar seu sistema de jogo com tempo para treinamentos.