câmara dos deputados
Compartilhar

São Paulo bate o Botafogo de Ribeirão, na estreia de Nenê

Com a estreia de Nene e o retorno de Cueva, o Tricolor vai ganhando a sua cara em 2018! Na tarde deste sábado (3), no Mo..

Roger Pereira - 03 de fevereiro de 2018, 19:33

Com a estreia de Nene e o retorno de Cueva, o Tricolor vai ganhando a sua cara em 2018! Na tarde deste sábado (3), no Morumbi, o São Paulo venceu o Botafogo-SP por 2 a 0 e conquistou o segundo triunfo consecutivo na temporada após avançar na Copa do Brasil. Para derrotar o rival, o time são-paulino contou com os gols de Diego Souza e de Cueva, que entrou na segunda etapa e deixou boa impressão.

Com o resultado positivo, o Tricolor retomou a liderança do Grupo B – agora com sete pontos em cinco rodadas – enquanto aguarda os outros jogos do final de semana. De quebra, o São Paulo manteve a histórica invencibilidade diante do Botafogo: a equipe jamais foi derrotada pelos botafoguenses, em casa, e ampliou a série sem derrotas para 25 jogos – a maior do clube, no Morumbi, à frente do duelo com o Palmeiras (24 partidas, com 15 vitórias e nove empates).

No primeiro tempo, o Tricolor teve dificuldades para furar o bloqueio da equipe de Ribeirão Preto e não conseguiu criar muitas oportunidades para balançar as redes. Nos contragolpes, os botafoguenses levaram perigo e acertaram duas vezes a trave são-paulina. Assim, o placar não foi alterado antes do intervalo.

Na volta para a segunda etapa, o treinador mexeu no time: Cueva ocupou o lugar de Brenner. Com o peruano, o São Paulo cresceu de produção e partiu para cima dos visitantes em busca da vitória. E não demorou muito para tirar o grito de gol da torcida.

Logo aos cinco minutos, Nene recebeu na esquerda e acionou Reinaldo, que cruz na medida para Diego Souza: o camisa 9 apareceu com oportunismo para colocar os mandantes na frente! 1 a 0! Na comemoração, o centroavante fez questão de parabenizar o lateral-esquerdo pela assistência.

Melhor no jogo, o Tricolor manteve a postura ofensiva e anotou o segundo gol para conquistar a segunda vitória consecutiva na temporada. Aos 37 minutos, Bruno Alves foi agarrado na grande área após cobrança de escanteio, e a arbitragem assinalou pênalti! Cueva assumiu a responsabilidade e cobrou no canto para ampliar: 2 a 0!