câmara dos deputados
Compartilhar

Série A do Brasileirão já soma 23 trocas de técnicos em 2017; Confira a lista

Como é de praxe no futebol nacional, basta o time somar uma sequência de resultados ruins para o técnico ser demitido. A..

Francielly Azevedo - 28 de outubro de 2017, 22:00

Como é de praxe no futebol nacional, basta o time somar uma sequência de resultados ruins para o técnico ser demitido. A edição deste ano da Série A do Campeonato Brasileiro não foge à regra, em 31 rodadas, 23 treinadores já foram dispensados. Alguns clubes colecionam a queda de comandantes.

A dança das cadeiras começou logo na segunda rodada da competição e parece não ter fim. Algumas das trocas até tiveram saldo positivo, como Fabiano Soares no Atlético-PR e Vagner Mancini no Vitória. Porém, basta a equipe escorregar um pouquinho para que a trajetória do treinador no comando do time chegue ao fim.

Entre os times que mais mudaram neste ano estão Atlético-PR, Atlético-GO, Bahia, Vitória, Chapecoense e Atlético-MG.

Além das trocas por balanço negativo, alguns treinadores também entregaram os cargos para assumirem outras equipes ou almejarem novas funções na carreira.

Na série A do ano passado a média de troca ficou em um técnico caindo a cada 1,18 rodadas. No total, foram 32 demissões em 38 rodadas. Só agora neste ano, a média é que a cada cinco rodadas, apenas uma não tem demissão.

Ainda restam oito rodadas no Brasileirão deste ano.

Trocas:

(Williams Aguiar/Sport Club do Recife) Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

23º - Levir Culpi foi demitido após a derrota do Santos para o São Paulo, por 2 a 1, na 31ª rodada. Levir deixou o Santos após 30 jogos. Foram 13 vitórias, 12 empates e 5 derrotas.