câmara dos deputados
Compartilhar

Titular absoluto, Pavez comemora adaptação rápida no Atlético

Com assessoriaO volante Esteban Andrés Pavez Suazo chegou ao Atlético-PR no último dia 21 de julho, para substituir Otáv..

Francielly Azevedo - 05 de setembro de 2017, 10:38

Com assessoria

O volante Esteban Andrés Pavez Suazo chegou ao Atlético-PR no último dia 21 de julho, para substituir Otávio, negociado com o Bordeaux, da França. Foram necessários apenas 10 dias para o chileno estrear com a camisa rubro-negra e logo cair nas graças do torcedor. De lá para cá, já disputou cinco partidas.

Antes de chegar ao Furacão, Pavez passou por cinco clubes chilenos, defendeu as Seleções de base e principal do Chile e brilhou com a camisa do Colo-Colo.

Em um país que também vive o futebol de forma intensa, Esteban não contrariou a regra. Assistia ao pai jogando bola, mesmo de forma amadora, e era levado aos estádios pela mãe. Na escola, a bola de futebol sempre foi sua principal companheira.

Aos 27 anos, Pavez desembarcou em Curitiba para sua primeira experiência fora do país. Com o desejo antigo de atuar no futebol brasileiro, o volante recebeu boas informações do zagueiro Christián Vilches, que atuou no Rubro-Negro entre 2015 e 2016.

“Cada dia me sinto melhor aqui e sei que ainda tenho muito mais a evoluir. Espero que isso possa acontecer. Nunca pensei que em tão pouco tempo a torcida já teria esse carinho por mim. Agradeço muito e acho que é pela forma que tenho de jogar”, conta.

Para o volante, a chance de deixar o Chile aconteceu no momento certo da carreira. “Nunca me senti tão bem. Estou maduro, entendo muito bem o jogo. No Colo-Colo, aprendi a atuar muito bem taticamente. Então, é um momento muito bom da minha carreira e estou preparado para continuar ajudando o Atlético”, ressalta.

Na caminhada atleticana para retornar à Conmebol Libertadores Bridgestone, o próximo desafio será contra o Coritiba. O duelo, marcado para às 11h do dia 10 de setembro, no Caldeirão, será o primeiro clássico disputado por Pavez no Rubro-Negro.

“Temos bastante tempo para trabalhar bem e entrar da melhor forma neste jogo. Estou muito feliz de poder jogar meu primeiro clássico aqui no Atlético. São partidas diferentes e com um ambiente especial. Gosto muito de jogar este tipo de duelo e esperamos vencer”, completa.