câmara federal
Compartilhar

Afonso Pena não é mais o melhor aeroporto do país; veja o ranking

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), não é mais o ..

Fernando Garcel - 01 de agosto de 2017, 15:08

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), não é mais o melhor aeroporto do país, de acordo com a Pesquisa Permanente de Satisfação do Passageiro, divulgada na segunda-feira (31) pela Secretaria Nacional de Aviação Civil. O posto foi tomado pelo terminal de Campinas (SP).

A pesquisa colheu dados de 13,2 mil passageiros que passaram pelos 15 principais aeroportos brasileiros, responsáveis por 80% da movimentação de passageiros, entre abril e junho. Além da satisfação geral, os passageiros avaliaram o desempenho do aeroporto em 37 operações.

CWB é o mais bem avaliado outra vez e ganha novos voos

Aeroporto Afonso Pena é alvo de fiscalização sobre novas regras no despacho de bagagens

No Afonso Pena, itens como “Qualidade da Internet/Wi-fi”; “Disponibilidade de Tomadas”; “Custo-Benefício do Estacionamento”; “Disponibilidade e localização de bancos/caixas eletrônicos/casas de câmbio”; “Disponibilidade de vagas no estacionamento de veículo”; e “Qualidade das instalações de estacionamento de veículos”, ficaram abaixo da média nacional. Por outro lado, o terminal paranaense teve a melhor avaliação do país nos itens “Qualidade da sinalização do aeroporto”; “Qualidade da informação nos painéis das esteiras de restituição de bagagem”; “Velocidade de restituição de bagagem”; “Integridade da bagagem”; “Cordialidade dos funcionários da imigração”; “Tempo de fila da aduana”; e “Cordialidade do funcionário da aduana”.

Veja o ranking do segundo trimestre de 2017:

1. Campinas (4,90)

2. Curitiba (4,74)

3. Brasília (4,58)

4. Recife (4,49)

5. Confins (4,47)

6. Santos Dumont (4,47)

7. Natal (4,42)

8. Guarulhos (4,41)

9. Galeão (4,34)

10. Fortaleza (4,32)

11. Manaus (4,29)

12. Porto Alegre (4,23)

13. Congonhas (4,17)

14. Cuiabá (4,07)

15. Salvador (3,86)

A pesquisa completa está disponível no site da Secretaria Nacional de Aviação Civil neste link.