câmara federal
Compartilhar

Nota Paraná ajuda instituição que atende cães e gatos abandonados

Da AENHá três anos, a protetora de animais Anne Moraes criou, em Londrina, a Associação Defensora de Animais (ADA), que ..

Francielly Azevedo - 22 de maio de 2017, 14:51

Da AEN

Há três anos, a protetora de animais Anne Moraes criou, em Londrina, a Associação Defensora de Animais (ADA), que atende cerca de 600 cães e gatos em situação de abandono ou feridos. A instituição gasta cerca de R$ 60 mil mensais para fazer o trabalho e manter os atendimentos sempre foi complicado. Desde que passou a receber doações do programa Nota Paraná, a ADA tem conseguido até ampliar suas ações. A instituição já reformou e ampliou o número de canis e contratou funcionários capacitados para cuidar dos animais.

O local é uma das 974 entidades sem fins lucrativos beneficiadas diretamente pelo programa de cidadania fiscal. O Nota Paraná já distribuiu R$ 19,5 milhões em créditos e prêmios para as instituições filantrópicas cadastradas.

“Atualmente o dinheiro do Nota Paraná representa a principal fonte de renda da ADA. Sem esses valores, seria impossível continuar com o nosso trabalho de resgate. Estamos sobrevivendo graças ao programa”, afirma. Em 11 meses de participação, a ADA já recebeu R$ 184 mil e agora foca num trabalho de sensibilização. Pelas redes sociais a instituição trabalha para conseguir arrecadar mais cupons fiscais.

“Muita gente que não pedia nota nas compras passou a ter esse hábito para nos ajudar. Criamos essa cultura dentro do grupo de voluntários virtuais da associação e na rotina de muitos londrinenses. Assim, diminuímos a sonegação e ainda conseguimos salvar as vidas dos animais”, afirma.

 

Moradores de Rua

Para centenas de pessoas da região de Ponta Grossa, os recursos do Nota Paraná representam não apenas uma assistência e sim um recomeço de vida. Moradores de rua e ex-dependentes químicos encontram no Ministério Melhor Viver a chance de uma reinserção social e familiar.  A instituição recebe valores diretamente do programa do Governo Estadual.

De acordo com Patrícia Zuchelli, coordenadora do projeto, com o dinheiro repassado pelo Nota Paraná, foi possível ampliar o número de atendimentos, além da construção de uma nova sede. No local, pessoas em situação de vulnerabilidade social recebem café, almoço e jantar gratuitamente, além de ter um espaço para banho e uma lavanderia para a higiene de itens pessoais.

“Os recursos do programa são extremamente importantes para nós. A construção do terceiro abrigo só se tornou uma realidade, graças aos valores repassados pelo Nota Paraná”, afirma Patrícia. A instituição já recebeu cerca de R$ 436 mil através do programa. De acordo com ela, os recursos também possibilitaram a reforma do refeitório, das estufas e o início das obras de uma padaria que deve oferecer oportunidade de trabalho aos próprios moradores atendidos no local.

Com participar

Podem receber créditos do Nota Paraná as entidades sem fins lucrativos que atuam na área da assistência social, cultural, defesa e proteção animal, desportiva e saúde. Para participar, as instituições devem apresentar requerimento junto às Secretarias de Estado, de acordo com sua área de atuação, com toda a documentação legal. Mais informações podem ser obtidas no site do programa.