câmara federal
Compartilhar

Patrulha do Som vai reforçar ações e começar a multar

Por Eduardo Xavier do Metro MaringáA Patrulha do Som de Maringá, no noroeste do estado, que voltou a funcionar em agosto..

Andreza Rossini - 21 de agosto de 2017, 09:21

Por Eduardo Xavier do Metro Maringá

A Patrulha do Som de Maringá, no noroeste do estado, que voltou a funcionar em agosto, depois de ficar desativada por oito meses, vai intensificar a fiscalização nos fins de semana e coibir a poluição sonora com multas em casas, veículos e estabelecimentos comerciais.

A Ouvidoria do Município, um dos canais de recebimento de queixas sobre barulho excessivo, registrou 46.565 protocolos entre janeiro e julho deste ano. Deste total, 530 foram reclamações de poluição sonora.

A Sema (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal) trabalha com dois decibelímetros (medidor de nível de pressão sonora), e fez a encomenda de mais dois aparelhos para reforçar o trabalho da força-tarefa composta também pela Guarda Municipal, fiscalização da Secretaria da Fazenda, Gapre (Gabinete do Prefeito), Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana), Proge (Procuradoria-Geral do Município) e Polícia Militar.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Jaime Dallagnol, a Patrulha do Som atuou nos últimos três fins de semana, mas ninguém foi multado ou teve equipamento apreendido. Por conta da formação e estruturação da força-tarefa, foram feitas orientações.

Nesta semana, integrantes da Patrulha do Som terão uma nova reunião com promotores de Justiça para discutir as ações da força-tarefa. Segundo Dalagnoll, a partir daí, as operações não vão ficar só na orientação ou conscientização. “As autuações começarão a ser feitas efetivamente”, afirmou.

De acordo com o secretário, incomodar com som alto poderá resultar em multa de trânsito, apreensão do equipamento e também sanção da prefeitura, que pode variar de R$ 141 a R$ 2.500. “É preciso respeitar o sossego das outras pessoas”, afirmou. A OMS (Organização Mundial de Saúde) considera que os efeitos negativos começam em um som a partir de 50 decibéis.