camara municipal
Compartilhar

Ação apreende 20 adolescentes fura-catracas em Curitiba

Uma ação da Guarda Municipal de Curitiba apreendeu 20 adolescentes que “furaram” a catraca da estação-tubo Morretes, em ..

Fernando Garcel - 29 de agosto de 2017, 18:06

Uma ação da Guarda Municipal de Curitiba apreendeu 20 adolescentes que “furaram” a catraca da estação-tubo Morretes, em frente ao Colégio Estadual Pedro Macedo, no bairro Portão, nesta terça-feira (29). A operação, batizada de Arapuca, busca coibir a prática de invasão aos ônibus da capital.

Vídeo mostra atropelamento de adolescente por biarticulado

Os adolescentes apreendidos foram retirados de dois biarticulados, ambos da linha Santa Cândida/Capão Raso, por volta das 12h. Os jovens foram encaminhados para a Delegacia do Adolescente e lá foi feito um termo circunstanciado. Os pais foram acionados e precisaram ir até a delegacia para assinar o documento e liberar os jovens.

“Já sabemos as regiões onde mais se repetem essas situações, que são comuns perto de colégios e nos horários de saída dos estudantes. Vamos fazer esta operação em toda a cidade”, afirmou o secretário de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Cobrador leva dois tiros ao tentar impedir ação de fura-catracas em estação-tubo

> Multa aos ‘fura-catracas’ é aprovada na Câmara de Curitiba

A ação foi feita e planejada em conjunto com os fiscais da Urbs, que deram suporte aos guardas municipais e indicaram os estudantes que entraram nos ônibus sem pagar a tarifa. “Esta é uma situação que acaba prejudicando toda a população que usa o transporte coletivo de Curitiba, pois encarece o preço da tarifa”, ressaltou Rangel.

Jovem que matou adolescente em estação-tubo diz que “quis defender a lei”

De acordo com pesquisas das empresas de transportes, invasões de ônibus de pessoas que não pagam a tarifa geram um prejuízo de cerca de R$ 400 mil por mês - mais de R$ 4 milhões por ano - ao sistema de transporte público de Curitiba. O preço da tarifa de ônibus é definido pela Urbs com base no número dos passageiros pagantes de ônibus. Os fura-catracas não entram na conta e acabam encarecendo o valor que todos os passageiros regulares pagam.

Passe-escolar

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, cerca de 16 mil estudantes têm direito ao passe-escolar, ou seja, pagam 50% do valor da tarifa (R$ 2,12).