camara municipal
Compartilhar

Chega, não dá mais: grupo organiza manifestação contra Temer em Curitiba

Uma manifestação, organizada pelo grupo CWB Resiste, contra o presidente Michel Temer e os deputados que votaram pelo ar..

Narley Resende - 03 de agosto de 2017, 08:52

Uma manifestação, organizada pelo grupo CWB Resiste, contra o presidente Michel Temer e os deputados que votaram pelo arquivamento do pedido de investigação de Temer no Congresso Nacional feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), está marcada para esta sexta-feira (4), em Curitiba. A concentração deve ocorrer às 18h, na Praça Dezenove de Dezembro, no centro da capital paranaense.

O grupo, antes denominado CWB Contra Temer, surgiu em 2015, reúne coletivos de jovens em sua maioria e já organizou dezenas de protestos nos últimos anos, alguns deles com registro de depredação de edifícios e equipamentos públicos e privados.

"É de conhecimento público que este governo (TEMER-PMDB) está envolvidos em diversos esquemas de corrupção e alianças com o alto empresariado nacional e estrangeiro, nosso país está sendo vendido, os problemas agravados e tudo isso no pretexto de "melhorar a situação econômica", a lista de absurdos cresce, e a revolta popular não", diz a descrição do evento no Facebook, que começa com a frase "chega, não dá mais". Em poucas horas, cerca de duas mil pessoas demonstraram interesse no evento.

Denúncia

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin deve decidir como ficará a tramitação das acusações contra o presidente Michel Temer e o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, uma vez que os deputados não autorizaram a Corte a analisar a denúncia da PGR.

Uma das possibilidades é que a tramitação da denúncia contra Temer fique suspensa até o fim do ano que vem, quando o presidente deixará o mandato e pode voltar a ser investigado na primeira instância da Justiça.