camara municipal
Compartilhar

Mais de 3 mil pessoas participam da 1ª Corrida da Cavalaria da PM

Da PM-PRO bairro Tarumã ficou movimentado na manhã deste domingo (27) com a grande movimentação de atletas que participa..

Francielly Azevedo - 28 de agosto de 2017, 07:45

Da PM-PR

O bairro Tarumã ficou movimentado na manhã deste domingo (27) com a grande movimentação de atletas que participaram da 1ª edição da Corrida da Cavalaria – Coronel Dulcídio, em alusão aos 163 anos da Polícia Militar. O evento foi organizado pelo Regimento de Polícia Montada (RPMon) que atraiu milhares de militares estaduais de outras unidades da Capital e Região Metropolitana, bem como atletas civis e de outras forças de segurança.

A prova foi de 10km, 5 km e 3 km, subdividida por gênero (masculino e feminino), idade (de 18 até mais de 65 anos) e pelas categorias Militar e Comunidade. Todos os participantes receberam uma medalha para marcar a data, e os primeiros colocados levaram para casa um troféu. “Para o Regimento é a primeira experiência e realmente com a superesa muito agradável de termos mais de 3 mil corredores”, disse o major Marcos Rodrigues, que responde pelo Comando do Regimento de Polícia Montada (RPMon).

Além de proporcionar uma prática esportiva e comemorar os 163 anos da Polícia Militar, o evento possibilitou que as pessoas pudessem conhecer mais sobre a unidade, sua história de atuação pela segurança do Paraná e as dependências do quartel. Muitos aproveitaram para tirar fotos e interagir com os militares estaduais que participaram da organização da prova.

Supervisionada pela Elite Eventos, a corrida se estendeu pelas principais vias do bairro Tarumã, que durante a semana possui congestionamentos de veículos, mas que neste domingo o movimento foi de centenas de atletas de várias regiões da Capital e da Região Metropolitana. Militares estaduais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros também vieram prestigiar a primeira corrida do Regimento, a unidade mais antiga da corporação.

“Já faz mais de 5 anos que o Regimento tem aberto as portas e hoje não se admite mais uma política de segurança pública sem o envolvimento da sociedade. Temos vários projetos sociais estamos felizes em fazer segurança com a participação dos cidadãos”, acrescentou o major Marcos.

Dentre os corredores chamou a atenção um grupo de cadeirantes e de atletas com necessidades especiais do projeto Inclusão Alegria, que tiveram o privilégio de serem os primeiros a dar a largada da prova. “Nossos filhos são incluídos pelo esporte para que possam participar das atividades da sociedade, tenham a mesma oportunidade que outras pessoas e poderem também se divertir”, disse Lisiana Piotto, integrante do grupo.

Primeiro colocado na categoria Geral 5km Masculino, Regis Micael, elogiou a organização da corrida. “Foi bacana o percurso, o evento foi bem organizado, muitas pessoas vieram e foi importante. A conquista é a recompensa pelo treino que faço, independente do frio ou do calor estou lá me dedicando, e no final percebemos a gratificação”, afirmou.

A soldado Hallyne Bergamini Sikva Caetano, primeira colocada na prova de 10 km Militar, estava entusiasmada com o pódio. “Foi uma corrida bem organizada, todos estão de parabéns, e sempre é uma gratificação conquistar a vitória numa corrida promovida pela Polícia Militar. Com certeza esse evento ficará marcado na história do Regimento pelo sucesso que foi”, afirmou.