camara municipal
Compartilhar

Vereador de Curitiba questiona plebiscito O Sul é Meu País no MPF

O vereador de Curitiba Goura (PDT) entregou um ofício ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Jorge Xisto Pe..

Andreza Rossini - 03 de outubro de 2017, 12:53

O vereador de Curitiba Goura (PDT) entregou um ofício ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Jorge Xisto Pereira, com o objetivo de alertar sobre o plebiscito "O Sul é Meu País", que deve acontecer no próximo sábado (7). "O documento faz um alerta e pede para que o órgão avalie a legalidade ", afirmou.

"Assim, requeremos providências para apurar a regularidade de tal consulta plebiscitária, bem como, se for o caso, determinar a sua suspensão e por ferir os mais elementares fundamentos de nossa república", diz o ofício assinado pelo vereador.

Como argumento, o documento aponta que o movimento "fere os fundamentos da República Federativa do Brasil, em especial aquele constantes do artigo 1º que dispõem que 'A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito(...)'".

"Sou um representante da República e seria, no mínimo, uma contradição eu fechar os olhos para essa possibilidade de separação do sul do Brasil. O movimento tem um lado positivo que é discussão sobre a forma como o fundo dos municípios é discutido, o governo federal tira a autonomia das cidades. Mas junto vem uma série de alegações xenofóbicas, racistas e preconceituosas", afirmou. "Temos história de conflitos armados no Brasil, no qual a nação brasileira se constituiu e tivemos muito sangue negro derramado, inclusive aqui no sul", argumentou.

O alerta também foi encaminhado ao Ministério Público Eleitoral, através do Ministério Público Federal (MPF).

Ameaças

WhatsApp Image 2017-10-03 at 130825O vereador afirmou que sofre ameaças nas redes sociais desde a entrega do ofício. "Ameaças e ofensas, são não argumentos. O pessoal comenta 'já sabem o que  fazer em Curitiba', eles sentem-se corajosos. Em geral o que eu recebo são apenas xingamentos e ameaças violentas. Hoje recebi a primeira mensagem com argumentos, que fiz questão de responder", afirmou.

 

O movimento

A consulta popular do movimento separatista "O Sul é meu País" - para saber se a população do sul quer um país independente, separado do restante do Brasil - está marcada para acontecer no próximo sábado (7), no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Qualquer pessoa pode votar para se posicionar sobre a separação do país, no plebiscito marcado para o próximo sábado. A votação não tem validade legal, o objetivo é saber a opinião do público.