Inscrições abertas para cursos de língua estrangeira da UTFPR

UTFPR abre inscrições para cursos de línguas estrangeiras

Três câmpus da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) estão com inscrições abertas para cursos extensivos em dez línguas estrangeiras para esse primeiro semestre. As aulas serão disponibilizadas em Curitiba, Londrina e Ponta Grossa entre os meses de março e junho.

São duas opções de cursos de extensão. A primeira é o Centro de Línguas, que oferece aulas regulares preferencialmente para alunos e servidores da UTFPR pelo valor de R$ 150 o semestre.

Já o programa de extensão UTFPR Idiomas é direcionado para o público interno e também externo, tendo a gerência do projeto feita pela Fundação de Apoio da Universidade.

No câmpus Curitiba são disponibilizados os idiomas alemão, árabe, chinês, espanhol, francês, holandês, inglês, italiano, japonês e russo. Já em Ponta Grossa estão disponíveis cursos de espanhol, francês, inglês e japonês, enquanto que em Londrina é possível fazer o curso de inglês.

O valor semestral do UTFPR Idiomas é de R$ 800 para o público comum, R$ 750 para servidores e terceirizados e R$ 650 para alunos da UTFPR, IFPR (Instituto Federal do Paraná) e UFPR (Universidade Federal do Paraná).

Para os interessados que já tenham nível intermediário do idioma é possível realizar um teste de nivelamento no valor de R$ 35. Além disso, o material didático utilizado no curso está disponível para comprar em diversas livrarias e também na loja da UTFPR.

Mais informações podem ser obtidas junto ao e-mail utfpridiomas@funtefpr.org.br.

febre amarela, macaco, macacos, paraná, humanos, boletim, sesa, mortos, morto

Febre amarela: número de macacos mortos sobe para 91 no Paraná

Oito macacos foram encontrados mortos com o vírus da febre amarela no Paraná durante a última semana. O número total de primatas infectados passou de 83 para 91, de acordo com o boletim mais recente divulgado nesta quarta-feira (26) pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde).

Conforme os dados atualizados, o número de notificações passou de 485 para 560. Além disso, 188 casos permanecem em investigação. De acordo com a Sesa, desde o início do período epidemiológico, outros 60 casos suspeitos foram descartados. Enquanto isso, 221 mortes foram consideradas “indeterminadas”.

De acordo com a Secretaria da Saúde, Ponta Grossa lidera as notificações. O município dos Campos Gerais do Paraná registra 32 mortes de macacos por febre amarela dentre os 91 confirmados em todo o estado.

“Os casos de macacos mortos sinalizam que o vírus está circulando no Estado, isso alerta para a necessidade de tomar a vacina contra a doença. A taxa de letalidade nos casos mais graves da doença é de 60%. Isso é muito preocupante, precisamos que a população entenda a necessidade e a importância da vacina na prevenção da doença”, alerta o secretário da saúde, Beto Preto.

FEBRE AMARELA AVANÇA NO PARANÁ

Conforme o boletim divulgado nesta quarta-feira (26) pela Sesa, seis novos municípios confirmaram pela primeira vez mortes de macacos com febre amarela.

São eles: Guarapuava, Campo do Tenente, Contenda São José dos Pinhais, Santa Maria do Oeste e Paulo Frontin (2).

CASOS EM HUMANOS

Desde o início do ano, nenhum caso de febre amarela em humanos foi confirmado no Paraná. No entanto, 16 suspeitas permanecem em investigação. Conforme a Secretaria da Saúde do Paraná, 76 notificações foram descartadas.

A febre amarela pode ser evitada por meio da vacina. As doses de imunização estão disponíveis gratuitamente na rede pública estadual. A vacina em dose única é indicada para pessoas com idades entre nove meses de idade e 60 anos incompletos.

paraná, dengue, estado de alerta, ratinho junior, beto preto, sesa

Casos de dengue crescem 25% em uma semana e Paraná registra 35 mil infecções

Nos últimos sete dias foram confirmados 9.161 novos casos de dengue no Paraná, registrando um crescimento de 25,5% nas confirmações em comparação ao levantamento anterior. Ao todo, são 35.853 ocorrências da doença em solo paranaense, segundo dados do boletim epidemiológico da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde).

A doença já está presente em 271 municípios, sendo que 329 cidades apresentaram notificações de ocorrência. Além disso, mais 15 municípios entraram na lista de epidemia de dengue nessa última semana, totalizando 93 cidades.

Entraram na lista os municípios de Londrina, Foz do Iguaçu, Maringá, Umuarama, Iracema do Oeste, Brasilândia do Sul, Ivaté, Jussara, Tapejara, Ivatuba, Nova Esperança, Sarandi, São Pedro do Ivaí, Guaraci e Leópolis.

Na liderança de casos de dengue no estado aparecem Paranavaí (3878 ocorrências), Londrina (2288 ocorrências), Maringá (1628 ocorrências) e Foz do Iguaçu (1545 ocorrências).

Já analisando a incidência de casos, Santa Isabel do Ivaí e Quinta do Sol ocupam a liderança do ranking. Enquanto Santa Isabel do Ivaí registra 1283 casos de dengue em uma população de 8700 pessoas, Quinta do Sul apresenta 664 ocorrências em 5 mil habitantes.

Desde o início do ciclo em 28 de julho de 2019, 23 pessoas morreram de dengue no Paraná. Mas nessa última semana, nenhum óbito pela doença foi registrado.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO CONTRA A DENGUE

Os principais cuidados para evitar os focos de proliferação do mosquito Aedes Aegypti são evitar água acumulada em superfícies. Dessa forma, tampar caixas d’água, limpar calhas, manter garrafas com a boca para baixo, não deixar água nos vasos de plantas são métodos eficazes para o controle da doença.

Os principais sintomas da dengue são febre alta e de forma súbita, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, náuseas, tontura e extremo cansaço. Se a doença não foi tratada, pode evoluir rapidamente para dores abdominais fortes e contínuas, vômitos, palidez, sangramentos pelo nariz, boca e gengivas.

“Estamos no momento considerado de maior circulação viral da dengue, com o registro de muita chuva, mas com a permanência do calor e de dias abafados, situação propícia para a proliferação do mosquito transmissor da doença, que se reproduz facilmente em qualquer lugar que acumule água parada. 90% dos criadouros estão nas residências, em ambientes externos e internos”, afirmou o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

prf, motorista, assaltante, caminhão, guincho, caminhão-guinho, mercedes, paraná, refém, milharal, sequestro

Assaltante é preso após sequestrar motorista de caminhão-guincho, em Mercedes

Foi preso em flagrante nesta quarta-feira (26), em Mercedes, no oeste do Paraná, um dos assaltantes que participou do sequestro de um motorista de caminhão-guincho na BR-163. A vítima foi levada até um milharal.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o assaltante foi quando dirigia o caminhão-guincho roubado. No momento da prisão , o homem de 33 anos portava uma faca.

De acordo com a polícia, a vítima foi atraída por meio de uma falsa chamada de reboque. Os assaltantes renderam o motorista de 49 anos e o levaram até uma plantação de milho.

prf, motorista, assaltante, caminhão, guincho, caminhão-guinho, mercedes, paraná, refém, milharal
Vítima de sequestro relatou à PRF agressividade do assaltante (Divulgação/PRF)

Pelo menos três criminosos participaram da ação, conforme apurado pela PRF. Armados, os assaltantes amarraram a vítima e a submeteram a uma série de humilhações e ameaças.

A vítima foi colocada de joelhos e os assaltantes chegaram a acionar o gatilho de uma das armas, mas não houve disparos.

O motorista do caminhão-guicho foi encontrado às margens da BR-163, no milharal, descalço e com as mãos amarradas.

De acordo com a apuração da PRF, o caminhão-guincho seria levado pelo criminosos até o município de Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul.

O caso de Mercedes foi repassado à delegacia da PCPR (Polícia Civil do Paraná) em Marechal Cândido Rondon.

coronavírus, corona, virus corona, coronavirus sintomas, corona virus, o que é coronavirus, china, wuhan, brasil, ministério da saúde, oms, opas, casos confirmados, mortes, brasil, fronteiras, estrangeiros

Coronavírus: após 1º caso, Brasil descarta fechar fronteiras para conter vírus

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, descartou a hipótese de o Brasil fechar fronteiras e limitar o ingresso de estrangeiros como forma de tentar dificultar a disseminação do Novo Coronavírus (Covid-19). O país confirmou o primeiro caso em um paciente de São Paulo (SP) que esteve recentemente na Itália.

“Não vamos fazer nenhum tipo de interrupção de voos porque não há nenhuma eficácia nisto”, disse o ministro, ao confirmar hoje (26) o primeiro caso de infecção pela doença no Brasil.

O paciente é um homem de 61 anos, morador da cidade de São Paulo, que, provavelmente, contraiu o vírus ao viajar para a Itália, entre os dias 9 e 21 de fevereiro.

“Perguntaram-me por que não fechar [as fronteiras]. Isto não existe. Não tem eficácia nenhuma. Esta é mais uma gripe que a humanidade vai ter que atravessar. Das gripes históricas, esta tem letalidade menor e tem uma transmissibilidade similar à de determinadas gripes que a humanidade já superou”, acrescentou o ministro.

Desde ontem (25), quando o Ministério da Saúde tornou público que os primeiros exames clínicos a que o paciente foi submetido tinham acusado positivo para o Novo Coronavírus (Covid-19), internautas começaram a usar as redes sociais para pedir mais rigor no controle de entrada de estrangeiros e brasileiros vindos do exterior.

CORONAVÍRUS: PREOCUPAÇÃO, MAS COM MODERAÇÃO

Conforme o ministro, as formas mais eficazes de o país evitar a disseminação da doença são dotar a rede de saúde nacional da capacidade de identificar e testar os casos suspeitos rapidamente, e, em caso positivo, adotar os procedimentos recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo ministério.

Além disso, a população deve intensificar os cuidados recomendados para qualquer tipo de gripe, como evitar aglomerações desnecessárias.

“O brasileiro precisa aumentar o número de vezes que lava as mãos e o rosto com água e sabão ao longo do dia. Este é um hábito extremamente importante, não só para evitar problemas respiratórios, mas também outras doenças”, apontou o ministro.

Outra orientação fundamental é evitar o compartilhamento de copos e outros utensílios que possam transmitir o vírus por meio da saliva.

*Com informações da Agência Brasil

acidente prf BR-153

Homem morre em acidente com caminhão na BR-153

Um homem de 36 anos morreu nesta quarta-feira (26) após sofrer um acidente com um caminhão que transportava frutas. O caso aconteceu no quilômetro 163 da BR-153, em Ventania, nos Campos Gerais do Paraná.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o rapaz dirigia um Toyota Etios na BR-153 no sentido Ventania. Contudo, em uma curva próxima ao viaduto, o motorista perdeu o controle e invadiu a pista contrária, colidindo de frente com um Ford Cargo.

O caminhão saiu da pista e tombou, mas não resultou em interdição da pista. Além disso, a PRF informou que chovia no momento do acidente e que o motorista do caminhão sofreu lesões leves e encaminhado a UPA de Ventania.

Por fim, o corpo do motorista foi enviado ao IML de Ponta Grossa e o veículo destinado ao pátio terceirizado da PRF.

mourão bolsonaro congresso

General Mourão defende Bolsonaro em polêmica com Congresso: “não atacou as instituições”

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, afirmou na tarde desta quarta-feira (26) que o presidente Jair Bolsonaro “não atacou as instituições” ao compartilhar um vídeo de convocação para manifestações contra o Congresso.

Conforme o militar, as instituições “estão funcionando normalmente” e que “protestos fazem parte da democracia”.

Além disso, Mourão disse que não autorizou o uso de sua imagem no vídeo.

O vídeo que acompanha a convocação tem fortes traços de culto à personalidade, comum em regimes antidemocráticos. Além disso, ao convocar apoiadores, Bolsonaro afirma que “o Brasil é nosso”. Ele também critica os “políticos de sempre”, embora atue em cargos eletivos desde 1989. Por fim, a mensagem também pode ser interpretada como antidemocrática.

O conteúdo do vídeo foi duramente criticado por congressistas e pela ala progressista da sociedade. Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), Celso de Mello e Gilmar Mendes, repudiaram a atitude, assim como os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Roussefff.

Já o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também condenou a atitude sem citar Bolsonaro diretamente. “Criar tensão institucional não ajuda o País a evoluir. O Brasil precisa de paz e responsabilidade para progredir”, disse ele.

“Só a democracia é capaz de absorver sem violência as diferenças da sociedade e unir a Nação pelo diálogo. Acima de tudo e de todos está o respeito às instituições democráticas”, completou Maia, apropriando-se do slogan de Bolsonaro nas eleições em 2018.

BOLSONARO ANTECIPA VOLTA A BRASÍLIA

Em meio ao debate sobre o compartilhamento nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a Brasília na tarde desta quarta-feira (26) após passar o Carnaval no Forte dos Andradas, unidade militar no Exército no Guarujá, no litoral de São Paulo.

Ele evitou a imprensa em sua chegada e não tem nenhum compromisso oficial previsto para hoje, de acordo com o Palácio do Planalto. Por fim, a expectativa é que Bolsonaro encaminhe a proposta da reforma administrativa ao Congresso Nacional. O projeto pretende mudar os direitos de servidores federais, incluindo revisão de salários iniciais e redução no número de carreiras.

falta de água, sanepar, curitiba, campina grande do sul, quatro barras, colombo, pinhais, bairros

Falta de água: Obras da Sanepar afetam 31 bairros da Grande Curitiba nesta quinta

Obras programadas pela Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) afetam o abastecimento em 31 bairros da Grande Curitiba nesta quinta-feira (27). Pode ocorrer falta de água em Campina Grande do Sul, Quatro Barras, Colombo e Pinhais. Veja a lista abaixo.

De acordo com a Sanepar, as obras começam a partir das 9h. Assim, a normalização do sistema deve acontecer de forma gradativa. Conforme a companhia, os serviços devem ser encerrados até o período da noite.

Ainda de acordo com a Sanepar, imóveis que tenham caixas d’água no padrão estabelecido pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) não devem sofrer com a falta de água.

FALTA DE ÁGUA NA GRANDE CURITIBA

CAMPINA GRANDE DO SUL: BAIRROS

  • Eugênia Maria
  • Jardim Araçatuba
  • Jardim Graciosa
  • Jardim João Paulo II
  • Jardim Paulista
  • Jardim Nossa Senhora das Graças
  • Joana Olímpia
  • Moradias Timbu
  • Oswaldo Florêncio
  • Santa Rita de Cassia
  • Vila Cosme
  • Vila Chacrinha
  • Vila Santa Cecília

QUATRO BARRAS: BAIRROS

  • Bosque Merhy
  • Centro
  • Graciosa
  • Jardim Creplive
  • Jardim Menino Deus
  • Jardim Orestes Tha
  • Jardim Pinheiros
  • Maria Alice
  • Menino Deus
  • Nossa Senhora das Graças
  • Patrícia
  • Pousada 4 Barras
  • Vila São Pedro

COLOMBO: BAIRROS

  • Canguiri
  • Atuba
  • Bella Vista
  • Parque Industrial

PINHAIS

  • Palmital

Para dúvidas em relação à falta de água, a Sanepar atende pelo telefone: 0800-200-0115.

acidente br-376 tibagi paraná mulher

Mulher morre e outros seis ficam feridos em acidente na BR-376, em Tibagi

Uma mulher de 59 anos morreu e outras seis pessoas, sendo um bebê de um ano e nove meses, ficaram feridas em um acidente na BR-376, em Tibagi, na região dos Campos Gerais do Paraná. De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), duas caminhonetes sofreram uma colisão frontal por volta das 11h10 desta quarta-feira (26).

Uma Hilux Preta trafegava na rodovia sentido Imbaú, mas rodou na pista e invadiu o sentido contrário, colidindo com uma Ranger. Na sequência, peças das caminhonetes atingiram o parabrisa de um ônibus da linha Brasilsul.

Segundo a PRF, o motorista, uma passageira e um bebê de um ano e nove meses da Hilux sofreram lesões graves, enquanto a mulher de 59 anos, que estava no banco de trás, não sobreviveu. Já na Ranger, o motorista e dois passageiros, sendo uma mulher, também ficaram feridos gravemente.

Por fim, o condutor e os passageiros do ônibus não sofreram nenhum ferimento neste acidente na BR-376.

O resgate dos feridos foi feito por um helicóptero do Samu, que encaminhou todos ao hospital. Já o corpo da senhora foi enviado ao IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Grossa.

Helicóptero ajudou no resgate dos feridos.(Divulgação / PRF)
prf maconha adolescente curitiba

Adolescente é apreendido com mais de 200 kg de maconha em direção a Curitiba

Um adolescente de 17 anos foi apreendido pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) com 206 quilos de maconha na BR-277, em Palmeira, na região dos Campos Gerais do Paraná, indo para Curitiba.

A equipe da PRF de Irati foi acionada para um acidente no quilômetro 188 da rodovia. O motorista saiu da pista e colidiu contra árvore, mas os agentes verificaram, pelo chassi, que o Ford Fusion havia sido furtado em Barretos, no interior de São Paulo, em setembro do ano passado.

Ao verificar o interior do veículo, foram encontrados os 206 kg de maconha. Ao ser questionado pelos policiais rodoviários, o adolescente disse que pegou o veículo em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e levaria a droga até Curitiba.

Por fim, ele ainda informou que essa foi sua terceira apreensão, pelo mesmo crime, em menos de 12 meses.

A droga, o veículo e o rapaz apreendido foram conduzidos pela PRF à Delegacia de Polícia Civil de Palmeira.