Toledo - Paraná Clube - Campeonato Paranaense

Paraná Clube perde do Toledo, mas consegue vaga nas quartas de final do Paranaense

Com gol salvador de PH, o Toledo bateu o Paraná Clube por 1 a 0 na tarde deste domingo (15), conseguindo permanecer na divisão principal do Campeonato Paranaense com o triunfo.

O triunfo do Toledo rebaixou as equipes do PSTC e do União Beltrão, ambos os times que subiram da segunda divisão estadual na última temporada.

Mesmo com a derrota, o Paraná Clube se beneficiou da vitória do PSTC sobre o Cascavel C.R. para se garantir nas quartas de final do Paranaense.

O duelo foi realizado em um 14 de Dezembro sem torcedores, após decisão da FPF (Federação Paranaense de Futebol) devido a pandemia de coronavírus.

O Paraná Clube terá o clássico contra o Coritiba nas quartas de final do Campeonato Paranaense, sendo que no primeiro turno, a equipe alviverde venceu o rival por 1 a 0, em duelo realizado na Vila Capanema.

Athletico Paranaense contra Londrina, FC Cascavel contra Rio Branco e Operário contra o Cianorte fecham os confrontos das quartas de final do Campeonato Paranaense.

NO AGUARDO DA FPF

A CBF confirmou neste domingo que irá paralisar todas as suas competições por tempo indeterminado, como forma de tentar evitar a concentração de pessoas e assim diminuir o contágio do coronavírus.

Mas a CBF deixou a cargo das federações estaduais a escolha da manutenção dos jogos. A tendência é que nesta segunda-feira (16) a FPF se reúna com os clubes e defina se o Paranaense será paralisado.

DOMÍNIO DO TOLEDO

Toledo - Paraná Clube - Campeonato Paranaense
Allan Aal acompanhou mais uma atuação ruim do Paraná Clube dentro do Paranaense. (Divulgação/Toledo)

O Toledo quase abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. David invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado para bela defesa de Filipe.

Nova chance do Toledo aos 23 minutos. David lançou PH na área, o centroavante limpou a marcação e finalizou com efeito no travessão.

Filipe salvou novamente o Paraná Clube aos 36 minutos. Após cruzamento de PH, Vieira escorou firme e o goleiro fez grande defesa na cabeçada à queima roupa.

O goleiro do Paraná Clube ainda apareceu bem aos 41 minutos. Jhonathan arriscou da entrada da área e Filipe voou para fazer a defesa.

PH conseguiu marcar o gol da vitória do Toledo aos nove minutos da segunda etapa. André Bala lançou o atacante, que cortou Fernando Timbó e finalizou firme no canto direito.

A primeira chance de perigo do Paraná Clube foi aos 18 minutos. Rodrigo Rodrigues roubou bola no campo de ataque e finalizou firme para Diego espalmar.

O Paraná Clube ainda teve uma última chance aos 50 minutos. Após cruzamento da direita, Rafael Furtado ganhou pelo alto e cabeceou firme, mas por cima da meta.

Andrey - Paraná Clube - Botafogo - Copa do Brasil

Paraná Clube perde do Botafogo e confronto está aberto na Copa do Brasil

Com um gol sem ângulo de Luiz Fernando, o Botafogo bateu o Paraná Clube por 1 a 0 na noite desta terça-feira (10), em resultado que deixa o confronto aberto para o jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

O duelo desta quarta-feira foi realizado no Engenhão, no Rio de Janeiro.

O Paraná Clube terá que vencer por dois gols de diferença na próxima quarta-feira (18) para avançar no tempo normal para a quarta fase da Copa do Brasil.

Vitória do Paraná Clube por um gol de diferença leva a partida para os pênaltis, enquanto o Botafogo joga pelo empate.

A vaga na quarta fase da Copa do Brasil irá render mais R$ 2 milhões para a equipe que se classificar.

MISSÃO PARANAENSE

O Paraná Clube volta seu foco para o Campeonato Paranaense. Neste domingo (15) será realizada a última rodada da primeira fase e a equipe está perto de garantir vaga nas quartas de final.

Para isso, o Paraná Clube precisa ao menos empatar contra o Toledo, em duelo que será realizado no 14 de Dezembro, às 16h.

Caso o Paraná Clube seja derrotado pelo Toledo, a equipe irá precisar torcer para o Cascavel C.R. não vencer o PSTC fora de casa.

GOL ÚNICO

Luiz Fernando - Paraná Clube - Botafogo - Copa do Brasil
Luiz Fernando conseguiu sem ângulo marcar o único gol da partida. (Reprodução/Twitter Botafogo F.R.)

O Botafogo abriu o placar aos 11 minutos. Luiz Fernando avançou pela direita e arriscou chute cruzado. A bola passou por toda área e acertou o canto esquerdo de Marcos.

A partida ficou mais equilibrada e o Botafogo conseguiu voltar ao campo de ataque apenas aos 33 minutos. Bruno Nazário arriscou da intermediária e a bola explodiu no travessão.

Bruno Nazário teve nova chance aos 37 minutos. Pedro Raul trabalhou com Luiz Fernando e cruzou na medida para o meia chegar cabeceando, mas por cima da meta.

A primeira finalização do Paraná Clube saiu aos 39 minutos. Andrey avançou sozinho pela esquerda e arriscou de média distância para Gatito Fernández espalmar.

Luis Henrique perdeu boa chance para ampliar o placar aos 11 minutos. Barrandeguy cruzou para Pedro Raul que escorou pelo alto e a bola sobrou para Luis. O atacante conseguiu ajeitar o corpo, mas finalizou fraco e Marcos fez fácil defesa.

Gatito Fernández teve que salvar o Botafogo aos 24 minutos. Andrey fez boa jogada individual na direita e apenas rolou para Renan Bressan na entrada da área. O meia tentou o chute colocado, mas Gatito espalmou com a mão direita para escanteio.

Mosquito também exigiu do goleiro alvinegro aos 31 minutos. O atacante foi lançado na lateral da área e bateu cruzado para Gatito Fernández espalmar.

Danilo - Londrina - Campeonato Paranaense

Londrina busca empate e Paraná Clube sai do G-8 do Paranaense

Com reação no segundo tempo, o Londrina buscou empate com o Paraná Clube em 2 a 2 na noite deste domingo (1), retirando o rival da zona de classificação para as quartas de final do Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela nona rodada do Campeonato Paranaense foi realizado na Vila Capanema, em Curitiba.

O empate tirou o Paraná Clube da zona de classificação. A equipe soma 10 pontos, mesma pontuação do Cascavel C.R., mas a equipe tricolor fica atrás pelo número de vitórias (3 a 2).

Já o Londrina fica estacionado na quinta posição com 15 pontos, quatro pontos atrás o líder Athletico Paranaense.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no próximo final de semana, pela décima rodada da competição.

O Paraná Clube recebe o União Beltrão, na Vila Capanema, neste sábado (7), às 17h.

Já o Londrina viaja para o oeste do Paraná, encarar o FC Cascavel, no próximo domingo (8), às 18h, no Olímpico Regional.

LONDRINA BUSCOU EMPATE

Renan Bressan - Paraná Clube - Londrina - Campeonato Paranaense
Renan Bressan marcou outro gol de placar na Vila Capanema. (Rui Santos/Paraná Clube)

A estrela de Renan Bressan brilhou logo no quarto minuto da partida. Paulo Henrique cruzou da direita e o meia emendou de primeira com a bola no ar. Matheus Albino ainda viu a bola tocar na trave antes de entrar no gol.

O primeiro tempo seguiu morno e a torcida da Vila Capanema não viu mais chances de gol, com as duas equipes guardando seu melhor futebol para a segunda etapa.

Aos 14 minutos, em seu primeiro toque na bola, Ruster recebeu na esquerda e buscou a finalização por cobertura, encobrindo Marcos para empatar a partida.

O Paraná Clube retomou a liderança do placar com outro belo gol aos 21 minutos. Fabrício arriscou cobrança de falta da intermediária, a bola quicou no gramado e ganhou velocidade, entrando no cando esquerdo.

Só que no minuto seguinte, Gabriel Barbosa foi lançado na área e finalizou firme. Marcos espalmou para frente e Danilo chutou rasteiro, a bola desviou no braço de Thales e enganou o goleiro.

A situação do Paraná Clube ficou mais complicada aos 26 minutos. Após Rafael Assis roubar bola no campo de defesa, Thiago Alves acertou um chute nas costas do rival e recebeu o cartão vermelho direto.

Paraná Clube - Bahia de Feira - Copa do Brasil

Paraná Clube faz três gols nos acréscimos e vence Bahia de Feira

Com três gols marcados em seis minutos, o Paraná Clube virou para cima do Bahia de Feira e venceu o rival por 3 a 2 na noite desta quarta-feira (26), se classificando para a terceira fase da Copa do Brasil.

O duelo desta quarta-feira foi realizado na Vila Capanema, em Curitiba.

Léo Porto e Alex Cazumba marcaram os gols do Bahia de Feira, enquanto Thales, Fabrício e Renan Bressan viraram para o Paraná Clube.

Com a vitória, o Paraná Clube garantiu mais R$ 1,5 milhão por ter avançado para encarar o Botafogo por uma vaga na quarta fase.

FOCO AGORA NO PARANAENSE

O início de temporada do Paraná Clube tem sido irregular no Campeonato Paranaense. Atualmente a equipe ocupa a sétima posição com nove pontos, apenas dois pontos acima do Cascavel C.R., primeira equipe fora da zona de classificação.

No próximo domingo (1), o Paraná Clube recebe o Londrina na Vila Capanema para tentar se reabilitar e subir na tabela do Paranaense.

ACRÉSCIMOS SALVADORES

O duelo teve dois tempos completamente distintos. Na primeira etapa, o Paraná Clube comandou as ações e poderia ter levado vantagem nos primeiros 45 minutos. Mas o segundo tempo mostrou um Bahia de Feira mais acertado em campo, utilizando bem os contra-ataques e o nervosismo do rival para dominar o duelo até os acréscimos.

Com maior domínio na posse de bola, a primeira chance de gol do Paraná Clube na primeira etapa saiu apenas aos 30 minutos. Marcelo achou Michel que finalizou a meia altura para Alan espalmar para a linha de fundo.

O Bahia de Feira teve sua primeira finalização somente aos oito minutos do segundo tempo. Guilherme Escuro recebeu na direita, limpou a jogada e arriscou a finalização cruzada por cima da meta.

O Paraná Clube respondeu aos 11 minutos. Thiago Alves fez boa jogada pela direita e encontrou Marcelo na área. O atacante buscou o chute rasteiro e a bola passou perto do poste esquerdo.

Só que o Bahia de Feira abriu o placar aos 13 minutos. Deon avançou pelo centro e enfiou para Léo Porto na área. O atacante recebeu sozinho e finalizou cruzado para balançar as redes.

Marcelo perdeu grande chance para empatar o jogo aos 15 minutos. Raphael Alemão rolou para o atacante -em posição de impedimento, na pequena área e Marcelo esperou a queda do goleiro para bater no canto direito alto, mas a bola explodiu no travessão.

O Bahia de Feira ampliou a conta foi aos 22 minutos. Alex Cazumba arriscou cobrança direta da intermediária e a bola acertou o travessão antes de cair dentro do gol de Marcos.

Alan salvou o Bahia de Feira duas vezes antes do final do jogo. A primeira foi aos 29 minutos, em finalização de fora da área de Michel que o goleiro espalmou para a linha de fundo, enquanto aos 40 foi a vez de Fabrício arriscar da intermediária e o arqueiro novamente mandar para escanteio.

O Paraná Clube não desistiu e começou sua reação aos 46 minutos. Após cruzamento de Renan Bressan da esquerda, Thales apareceu sozinho na pequena área para escorar para o fundo das redes.

No minuto seguinte, Thiago Alves foi para a linha de fundo e cruzou rasteiro da esquerda para Fabrício ganhar da marcação e chutar firme para o gol.

Após o empate, o Paraná Clube seguiu na pressão e Michel foi derrubado por Paulo Paraíba na entrada da área. O zagueiro recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo.

Bressan foi para a cobrança e a bola bateu no travessão antes de quicar dentro do gol e confirmar a incrível virada do Paraná Clube.

Paraná Clube - Palmas - Copa do Brasil

Paraná Clube vence Palmas e segue em frente na Copa do Brasil

Em jogo equilibrado, o Paraná Clube aproveitou erros da defesa do Palmas para bater o rival por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (5), avançando para a segunda fase da Copa do Brasil.

O duelo desta quarta-feira foi realizado no Estádio Nilton Santos, em Palmas.

Thiago Alves marcou os gols da vitória do Paraná Clube aos 31 minutos do primeiro tempo e aos 23 do segundo tempo.

O triunfo rendeu R$ 650 mil aos cofres do Paraná Clube, que agora enfrenta o Bahia de Feira na segunda fase da Copa do Brasil. A equipe paranista já havia recebido R$ 540 mil pela participação na primeira fase.

FOCO NO PARANAENSE

Enquanto aguarda a segunda fase da Copa do Brasil, o Paraná Clube volta seus olhos para o Campeonato Paranaense, competição em que faz campanha irregular e ocupa apenas a oitava colocação.

O Paraná Clube tenta encerrar uma série de três jogos sem vitória neste domingo (9), contra o Cianorte, na Vila Capanema, às 18h.

VITÓRIA NOS ERROS DO PALMAS

As primeiras finalizações em gol da partida foram do Palmas. Aos seis minutos, Marlon puxou contra-ataque e finalizou para boa defesa de Alisson. Já aos 19 minutos, foi a vez de Elenilson testar o goleiro paranista, que fez nova boa intervenção.

Mas foi o Paraná Clube quem abriu o placar aos 31 minutos. Após erro na saída de bola, Thiago Alves avançou até a área e finalizou cruzado para balançar as redes.

No minuto seguinte, Raphael Alemão quase ampliou o placar. O atacante recebeu na área e finalizou perto do poste esquerdo.

A resposta do Palmas foi com Accioli aos 37 minutos. O atacante foi lançado e da entrada da área finalizou por cima do gol.

Aos três minutos do segundo tempo, Alisson teve que trabalhar para salvar o Paraná Clube. Grilo cruzou na medida para Marlon, que arriscou de voleio para o goleiro espalmar.

Quando não Alisson, a trave salvou o Paraná Clube. Elenilson tentou arriscar da intermediária e acertou o travessão do goleiro.

A pressão do Palmas continuou e aos 13 minutos, Bruninho perdeu grande chance. O meia recebeu na área, mas finalizou no meio do gol e Alisson fez firme defesa.

Mas aos 23 minutos, após escanteio da esquerda, a zaga do Palmas errou o corte e a bola sobrou para Thiago Alves na pequena área. O atacante bateu de ponta da chuteira e a bola encobriu Jennerson, antes de balanças as redes.

Mosquito quase ampliou para o Paraná Clube aos 34 minutos. O meia foi lançado e arriscou chute cruzado para Jennerson espalmar.

Athletico Paranaense - Paraná Clube - Campeonato Paranaense

Paraná empata nos acréscimos e freia estreia do elenco titular do Athletico

Com a estreia do elenco titular em um jogo oficial na temporada, o Athletico Paranaense cedeu empate nos acréscimos para o Paraná Clube por 1 a 1 na noite deste domingo (2), e perdeu a chance de retomar a liderança do Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Paranaense foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, com 14.903 torcedores presentes.

Novo titular da zaga com a saída de Léo Pereira, Lucas Halter marcou o gol do Athletico, enquanto Marcelo empatou para o Paraná Clube.

O empate deixou o Athletico com dez pontos, dois abaixo que o líder FC Cascavel, na terceira colocação do Paranaense.

Já o Paraná Clube a seu terceiro jogo sem vitória, mas subiu para a oitava posição, com cinco pontos ganhos.

Nos bancos de reserva, a partida também teve marcas importantes. Enquanto Dorival Júnior teve sua estreia em jogos oficiais como comandante do Athletico, Lúcio Flávio substituiu o suspenso Allan Aal e fez seu primeiro jogo como treinador no futebol profissional.

PRÓXIMOS JOGOS

Dorival Júnior - Athletico Paranaense - Paraná Clube - Campeonato Paranaense
Dorival Júnior acena para a torcida em seu primeiro jogo como técnico na Arena da Baixada. (Geraldo Bubniak/AGB)

As equipes voltam a campo neste domingo (9), pela sexta rodada do Campeonato Paranaense.

O Athletico tem o confronto de líderes contra o F.C. Cascavel, no Olímpico Regional, às 16h.

Já o Paraná Clube recebe o Cianorte, às 18h, na Vila Capanema, em Curitiba.

REFORÇO NA ÁREA

Guilherme Biteco - Athletico Paranaense - Paraná Clube - Campeonato Paranaense
Guilherme Biteco (de camiseta preta, na última fileira) foi jogador do Paraná Clube entre 2017 e 2018. (Geraldo Bubniak/AGB)

Quem acompanhou o duelo junto da torcida visitante na Arena da Baixada foi o meia Guilherme Biteco. O meio campista está se recuperando fisicamente e clinicamente no Paraná Clube e pode ser anunciado como reforço da equipe paranista para o restante na temporada.

Biteco teve sua melhor fase na carreira junto do Paraná Clube nas temporadas de 2017 e 2018, quando em 27 jogos marcou quatro gols com a camisa paranista.

DOMÍNIO RUBRO-NEGRO, CASTIGO TRICOLOR

Lucas Halter - Athletico Paranaense - Paraná Clube - Campeonato Paranaense
Lucas Halter aguarda possível transferência de Robson Bambu para assumir a posição de titular. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico marcou o seu gol logo aos dois minutos. Marquinhos Gabriel bateu escanteio da esquerda, Erick ajeitou de cabeça e a zaga do Paraná Clube falhou no corte. A bola sobrou para Lucas Halter que emendou de primeir e marcou um belo gol na Arena da Baixada.

A pressão do Athletico continuou e Léo Cittadini quase ampliou o placar aos sete minutos. Nikão cruzou da direita e o volante chegou a resvalar na bola, mas não conseguiu acertar a meta.

Erick levou perigo a meta do Paraná Clube aos 26 minutos. O volante arriscou da intermediária e Marcos voou para espalmar para a linha de fundo.

Marcos salvou o Paraná Clube novamente aos 39 minutos. Nikão cruzou na medida para Bissoli e o atacante testou firme para o goleiro paranista espalmar a bola no canto esquerdo.

No escanteio, Erick desviou a cobrança no primeiro poste e Marcos novamente teve que realizar grande intervenção para salvar o Paraná Clube.

Logo no primeiro tempo do segundo tempo, Márcio Azevedo ficou perto de ampliar o placar. O lateral avançou pela esquerda e cruzou muito fechado, quase surpreendendo Marcos, que teve que dar um tapa na bola e ceder o escanteio

Léo Cittadini voltou a levar perigo aos três minutos. O meia arriscou falta da intermediária e Marcos espalmou para a linha de fundo.

Mas o Paraná Clube castigou o Athletico pelas suas chances perdidas. Aos 45 minutos, Raphael Alemão recebeu na área, fez o pivô para Marcelo e o atacante bateu cruzado para empatar o jogo.

FC Cascavel vira sobre o Paraná Clube e encosta nos líderes no Paranaense

Mesmo com um jogador a mais em grande parte do segundo tempo, o Paraná Clube levou a virada e perdeu por 2 a 1 para o FC Cascavel na noite desta quinta-feira (30), e ficou mais longe dos líderes do Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Paranaense foi realizado na Vila Capanema, em Curitiba.

Robson abriu o placar para o Paraná Clube, enquanto Paulo Sérgio (em cobrança de pênalti) e Adenilson viraram para o FC Cascavel.

O Paraná Clube caiu para a nona posição com quatro pontos ganhos e saiu da zona de classificação para a segunda fase do Paranaense.

Já o FC Cascavel assumiu a vice-liderança, com nove pontos ganhos.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste domingo (2), pela quinta rodada do Campeonato Paranaense.

O F.C. Cascavel viaja até Cornélio Procópio para encarar o PSTC, no Ubirajara Medeiros, às 16h.

Já o Paraná Clube tem clássico contra o Athletico Paranaense, às 18h, na Arena da Baixada, em Curitiba.

O JOGO

Paulo Sérgio - Paraná Clube - FC Cascavel - Campeonato Paranaense
Paulo Sérgio comemora o gol de empate do FC Cascavel na segunda etapa de jogo. (Geraldo Bubniak/AGB)

A primeira chance da partida foi do FC Cascavel logo aos quatro minutos. Kaio saiu jogando errado e Paulo Sérgio ficou livre na pequena área. Mas o atacante tentou a finalização por cobertura e a bola passou por cima da travessão.

O Paraná Clube conseguiu responder aos 25 minutos. Em cobrança de falta, Fabrício pegou firme e a bola passou perto do poste esquerdo.

Nova chance do Paraná Clube aos 27 minutos. Rodrigo Rodrigues recebeu cruzamento da esquerda na área e fez o pivô para Andrey, que chegou batendo de primeira e a bola novamente passou perto da trave esquerda.

A resposta do FC Cascavel foi aos 30 minutos com Henrique. O atacante recebeu na entrada da área, fez a finta em dois jogadores e finalizou perto do travessão.

O jogo caminhava para um empate sem gols para o intervalo, mas Libano auxiliou o Paraná Clube. O lateral foi tentar afastar uma bola na área e chutou em cima de Robson e a bola foi forte em direção ao gol, sendo defendida por Raul. Mas o rebote voltou para Robson, que apenas escorou para o gol vazio para abrir o placar.

O FC Cascavel ainda teve uma última chance aos 46 minutos. Henrique avançou pelo centro e chutou mascado, facilitando a defesa de Alisson no centro do gol.

Logo aos dois minutos do primeiro tempo, o Paraná Clube quase ampliou o marcador. Andrey foi lançado na esquerda, puxou para dentro e bateu em arco perto do ângulo esquerdo de Raul.

Aos 10 minutos, o FC Cascavel criou boa chance. Henrique avançou pelo meio e finalizou rasteiro firme, mas no centro da meta para fácil defesa de Alisson.

Mas aos 11 minutos, Tocantins foi lançado na área e na tentativa de drible sobre Alisson, o goleiro paranista derrubou o atacante e o árbitro assinalou a penalidade.

Paulo Sérgio foi para a cobrança e bateu rasteiro no canto esquerdo, Alisson fez a defesa, mas no rebote o atacante apenas escorou para o gol vazio para empatar o jogo.

Após reclamar veementemente com a arbitragem, o zagueiro Marcelo recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo, deixando o FC Cascavel com dez jogadores.

Mesmo com um jogador a mais em campo, o Paraná Clube não conseguiu furar a retranca do FC Cascavel. Em uma de suas principais chances, Rodrigo Rodrigues recebeu cruzamento da esquerda na pequena área e finalizou de sem pulo para defesa no centro do gol de Raul.

Aos 41 minutos, após uma dividida firme no meio de campo, os técnicos Allan Aal e Marcelo Caranhato discutiram na beira de campo e foram expulsos do jogo. Na confusão, os atletas dos bancos de reservas das duas equipes também se envolveram no bate-boca e a Polícia Militar teve que escoltar os treinadores até o vestiário.

Uma das últimas chances de gol do FC Cascavel na partida foi aos 45 minutos. Henrique cruzou para Adenilson, que de costas para o gol tentou dar uma puxeta, mas a bola saiu sobre a meta.

O clima continuou quente e Sananduva acertou o braço no rosto de Gabriel Kazu aos 47 minutos. O árbitro acreditou que o volante já tinha um cartão amarelo e expulsou o atleta, sendo corrigido pelos seus auxiliares e mostrando apenas o amarelo para o atleta.

Mas após um chutão do campo de defesa, Adenilson saiu livre no campo de ataque e na saída de Alisson, finalizou rasteiro para virar o placar aos 52 minutos.

coritiba paraná paranaense

Coritiba vence o Paraná e assume vice-liderança do Paranaense 2020

O Coritiba venceu o Paraná por 1 a 0 e subiu para a vice-liderança do Campeonato Paranaense 2020. O meia Thiago Lopes, que saiu do banco de reservas ainda no primeiro tempo, marcou um golaço em cobrança de falta.

O duelo deste domingo (26) foi válido pela terceira rodada do Estadual e realizado na Vila Capanema. O estádio paranista recebeu 3.848 pagantes.

CLASSIFICAÇÃO DO PARANAENSE

Com o resultado, o Coxa chegou aos sete pontos, ultrapassou o Londrina, com seis, e aparece na segunda posição da tabela.

Já o Paraná segue com quatro pontos e aparece na sexta posição.

Na próxima rodada, o Coritiba vai receber o Operário. O jogo está marcado para a próxima quarta-feira (29), às 20h.

Já o Paraná se prepara para enfrentar o FC Cascavel na quinta-feira (30), às 19h30, na Vila.

COXA CHEGA AO GOL NA BOLA PARADA

Matheus Galdezani saiu machucado ainda no primeiro tempo. (Geraldo Bubniak/AGB)

A etapa inicial foi marcada pelas disputas físicas. Não à toa, os dois técnicos tiveram de mudar por causa de lesão.

Jhony cedeu vaga para Kaio pelo Paraná, enquanto Thiago Lopes entrou no lugar de Matheus Galdezani no Coxa.

Em chances perigosas, cada time teve uma chance. Aos 10 minutos, Raphael Alemão ficou na cara do gol e bateu por cima. Já a resposta alviverde foi aos 24, quando William Matheus cruzou e Robson cabeceou pela linha de fundo.

Na etapa final, o Coxa abriu o placar aos nove minutos, em um golaço de falta. Thiago Lopes soltou uma pancada, do lado do goleiro Alisson, e a bola carimbou a trave antes de morrer no fundo das redes.

A partir daí, a missão alviverde ficou mais fácil. Mesmo cadenciando o jogo, o lateral Bruno recebeu o cartão vermelho após falta em Welissol.

Bruno foi expulso e complicou a vida do Paraná. (Geraldo Bubniak/AGB)
Paraná Clube - Cascavel C.R. - Campeonato Paranaense

Paraná Clube vence Cascavel C.R. e segue invicto no Paranaense

Com uma atuação convincente, o Paraná Clube venceu por 2 a 0 o Cascavel C.R. nesta quinta-feira (23), conquistando sua primeira vitória sob o comando do técnico Allan Aal no Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela segunda rodada do Campeonato Paranaense foi realizado no Olímpico Regional, em Cascavel.

Os gols da vitória do Paraná Clube foram marcados por Andrey e Raphael Alemão

A vitória deixa o Paraná Clube com quatro pontos ganhos em dois jogos, enquanto o Cascavel C.R. segue sem pontuar no Paranaense e ocupando a lanterna da competição.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste domingo (26), pela terceira rodada do Campeonato Paranaense.

O Cascavel C.R. tem o clássico local contra o F.C. Cascavel, às 16h, no Olímpico Regional.

Já o Paraná Clube tem seu primeiro clássico no ano contra o Coritiba, às 18h, na Vila Capanema, em Curitiba.

O JOGO

O Paraná Clube iniciou melhor o jogo e conseguiu abrir o placar aos 12 minutos. Andrey foi lançado nas costas da zaga e deu um toque na saída do goleiro para balançar as redes.

O Cascavel C.R. respondeu aos 36 minutos. Lucy bateu escanteio e Louback desviou no primeiro poste. A bola passou por toda área e nenhum atacante chegou para finalizar.

No minuto seguinte, Lucy apareceu novamente. O meia recebeu, limpou Jhony e finalizou perto do ângulo esquerdo.

Mas aos 42 minutos, o Paraná Clube buscou o seu segundo gol. Juninho cruzou no segundo poste, a zaga não afastou e a bola sobrou para Raphael Alemão, que fez o domínio e finalizou firme para estufar as redes.

O Cascavel C.R. criou boas chances no início do segundo tempo. Primeiro, Guga aproveitou bola rebatida e bateu perto do travessão.

No minuto seguinte, Rone cruzou para Guga -que sozinho, errou o domínio e perdeu grande chance de empate.

O Paraná Clube respondeu aos oito minutos. Andrey avançou pela esquerda e cruzou na medida para Gustavo Mosquito. O atacante finalizou de primeira e Fernando fez bela defesa.

Aos 18 minutos, o Cascavel C.R. teve um gol anulado. Após cobrança de falta de Bruno Rodrigues, Cristian escorou para as redes. mas a arbitragem assinalou impedimento do zagueiro.

Antes do final do jogo, a trave impediu o terceiro gol do Paraná Clube. Andrey recebeu na entrada da área e buscou a finalização com efeito, mas a bola acertou o poste direito.

Nos acréscimos, o Cascavel C.R. ainda ficou perto de diminuir o placar. Primeiro em cabeçada de Cristian que passou perto do poste direito. Na sequência, Rone arriscou da entrada da área e Alisson foi buscar no canto direito.

rio branco x paraná clube

Em jogo sem emoção, Paraná Clube e Rio Branco empatam sem gols

Em um jogo sem muita inspiração, o Paraná Clube empatou sem gols com o Rio Branco, neste domingo (19), no Estádio Estradinha, em Paranaguá, no litoral do estado. Sem sincronia entre os atletas, o Tricolor bateu cabeça e viu o Rio Branco protagonizar a maioria das jogadas de perigo.

O Rio Branco mostrou mais vontade e até foi para cima do Tricolor, mas pecou nas finalizações. Com Vinicius Balotelli, teve as melhores chances da partida.

Já o Paraná Clube, vivendo momentos de incerteza extracampo, não conseguiu se impor e ser produtivo. Para amenizar a situação, teve a boa atuação do goleiro Alisson nas poucas investidas do Leão.

Na próxima rodada o Tricolor encara o Cascavel CR, no Olímpico Regional, no oeste do estado, na quinta-feira (23), às 19h30. No mesmo dia, às 20h, o Rio Branco visita o Coritiba, no Couto Pereira.

O JOGO

O Rio Branco iniciou a partida comandando o jogo. Com mais posse de bola, o Leão da Estradinha tentou se impor em casa. Aos 12, Balotelli quase abriu o placar com um chute forte de fora da área, mas o goleiro Alisson mandou para escanteio.

Inspirado, Balotelli dava trabalho para defesa do Paraná Clube. Aos 23, o jogador parou novamente em outra boa defesa de Alisson.

O Paraná Clube conseguiu seu primeiro escanteio no jogo só aos 40 minutos da primeira etapa. Juninho mandou para a área, mas o goleiro Dalton deu um soco e mandou para longe.

Na volta do intervalo, o Tricolor novamente teve que se livrar das investidas do Leão. Para felicidade do Paraná, aos 20 os donos da casa tiveram um gol anulado. Após escanteio cobrado pelo Rio Branco, Willian desviou e Felipe Nunes mandou para o fundo do gol. Mas o árbitro pegou impedimento do atacante e anulou o arremate.

A equipe tricolor batia cabeça em diversas oportunidades. Em uma delas, o Paraná avançou pela esquerda e o cruzamento na área ficou na frente de Andrey e Rafael Furtado, mas ninguém foi na bola. A defesa do Leão só teve o trabalho de tirar para longe.

No fim do jogo, o árbitro deu cinco minutos de acréscimo, porém não foi suficiente para despertar as equipes, que pouco fizeram e terminaram com o placar zerado.