Cidades Destaque 1
Compartilhar

Obras no Mercado Municipal devem durar até outubro

As obras no Mercado Municipal devem terminar até a segunda quinzena de outubro. O local passa por uma remodelação..

Lorena Pelanda - 25 de setembro de 2018, 10:27

(Crédito: Lucilia Guimarães/SMCS)
(Crédito: Lucilia Guimarães/SMCS)

As obras no Mercado Municipal devem terminar até a segunda quinzena de outubro. O local passa por uma remodelação externa, com nova pintura e a transformação dos corredores de passagem, junto à calçada da Rua General Carneiro, em um amplo boulevard, com cafés e restaurantes para maior convivência dos clientes. As obras de revitalização do espaço da Prefeitura estão sendo custeadas pela Associação dos Comerciantes Estabelecidos no Mercado Municipal de Curitiba (Ascesme).

De acordo com o secretário municipal do Abastecimento, Luiz Gusi, a renovação da fachada do Mercado Municipal é uma antiga reivindicação dos comerciantes do espaço. “Há mais de dez anos, os permissionários pedem e eles mesmo se comprometeram a custear toda a obra”, salienta ele.

A Ascesme investe R$ 400 mil na remodelação e pintura da área externa do tradicional espaço. O projeto é do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) feito em conjunto com a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab).

“A obra de revitalização da General Carneiro trará um impacto positivo e a nova cor amarela da fachada condiz mais com o que hoje representa o Mercado Municipal, que completou em agosto 60 anos”, afirma Mario Shiguemitu Yamasaki, presidente da Ascesme. “Nós recebemos visitantes de todo o Brasil. O mercado é um ponto turístico e a revitalização vai aumentar a visibilidade e circulação do espaço”, acredita ele.

Yamasaki avalia também que a revitalização deverá melhorar a estrutura e a segurança do Mercado Municipal. “Em abril deste ano, ocorreu um arrombamento na entrada da Rua General Carneiro, com furto de nove lojas. Os prejuízos chegaram a R$ 20 mil para os comerciantes”, conta o presidente da Ascesme.

As obras de remodelação da fachada da Rua General Carneiro estão sendo realizadas à noite para não atrapalhar o movimento comercial e nem colocar em risco a segurança dos clientes. Para que o setor do Mercado Municipal seja transformado em um amplo boulevard, estão sendo instalados brises basculantes sob os arcos da fachada da General Carneiro, que servirão de quebras-sol durante o dia possibilitando a retirada dos toldos existentes nas lojas da ala lateral do mercado. Quando fechados, os brises garantirão mais segurança ao espaço.

(Crédito: Lucilia Guimarães/SMCS)

Revitalização da região

O secretário municipal de Agricultura e Abastecimento explica ainda que a renovação externa do Mercado Municipal se integra a um conjunto de ações da Prefeitura planejadas para revitalizar toda a região e melhorar as condições de vida da população. “A reabertura do Restaurante Popular do Capanema, em janeiro, deu início a esta grande transformação no entorno. Também estamos criando, em parceria com a Ascesme, um banco de alimentos do Mercado Municipal, que irá destinar hortifrutigranjeiros que deixam de ser comercializados, diariamente, para os programas sociais mantidos pela FAS (Fundação de Ação Social) e destinados as pessoas em situação de rua”, destaca ele.

A presidente da FAS, Elenice Malzoni, observa que a Prefeitura realiza periodicamente uma ação integrada de vários órgãos para sensibilizar os moradores em situação de risco da região do Mercado Municipal sobre a importância de participarem dos programas e serviços ofertados pelo município para essa população. Ela conta que, diariamente, equipes da Prefeitura percorrem a região para fazer abordagem social junto às pessoas em vulnerabilidade.

“As equipes, baseadas na unidade de Resgate e Cidadania junto ao Restaurante Popular do Capanema, percorrem todos os dias a região, fazem o cadastramento, oferecem acolhimento e outros encaminhamentos, inclusive para tratamento de saúde, emissão de documentos pessoais,  capacitação profissional e até para vagas de emprego”, enumera Elenice.

Ela frisa, no entanto, que este trabalho não é apenas durante as obras no Mercado Municipal. “É uma ação contínua que a FAS desenvolve em prol dessa população, buscando vincular essas pessoas aos serviços gratuitos oferecidos pelo município”, reforça.

Elenice recorda ainda que, no mês passado, a Prefeitura realizou um grande mutirão de atendimento às pessoas em situação de risco, na própria Rua General Carneiro, que reuniu as equipes da FAS e das secretarias municipais de Saúde (com a unidade móvel Consultório na Rua) e do Meio Ambiente (com a Rede de Proteção Animal). “Apenas, naquele dia, foram atendida 43 pessoas”, afirmou a presidente da FAS.

Estima-se que cerca de 160 pessoas em situação de risco pernoitam junto ao Mercado Municipal.