Com a crise, emissão da primeira CNH cai 21% em Maringá

Mariana Ohde


Por Eduardo Xavier, Metro Maringá

O volume de emissões da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) caiu 21% em Maringá e 28% no Paraná em dois anos, segundo dados do Departamento de Trânsito (Detran-PR). O agravamento da crise econômica e o alto custo para tirar o documento são as explicações para a redução.

Levantamento do órgão mostra de que janeiro a setembro de 2015 foram emitidas, em Maringá, 5.535 carteiras para motoristas iniciantes. No mesmo período deste ano, foram 4.376.

No estado, na mesma base de comparação, caiu de 129.611 para 93.808. Na avaliação do diretor-geral do Detran-PR, Marcos Traad, a queda na emissão da primeira CNH é reflexo da retração econômica. “Esta diminuição é hoje uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos Centros de Formação de Condutores”, disse.

As autoescolas têm feito promoções para atrair alunos. Antonio Vanderlei dos Santos, dono de um CFC na Zona 7, diz que reduziu o valor da primeira habilitação de uma categoria de R$ 2.000 para R$ 1.750. “A CNH se tornou muito cara e é importante porque a maioria das empresas exige carteira de motorista para empregar”, afirmou.

No custo de R$ 1.750 estão as taxas do Detran-PR e os serviços do CFC em aulas práticas e teóricas. Não estão inclusas as aulas do simulador de direção, obrigatórias a partir deste ano pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). A legislação permitiu o uso compartilhado dos equipamentos pelas autoescolas para baratear custos.

Categoria

A quantidade de processos de mudança de categoria também caiu. No Paraná, houve redução de 72%. Em Maringá, a queda foi de 51%. Segundo Traad, a queda é consequência da crise no setor de transporte rodoviário. “Com menos ofertas de empregos há menor procura por mudança da categoria da CNH”, afirmou.

No estado, a quantidade reduziu de 94.733, de janeiro a setembro de 2015, para 26.623 em igual intervalo neste ano. Em Maringá, a queda foi de 1.703 para 840.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal