Caixa inicia pagamento de FGTS a vítimas do granizo em Quatro Barras

Thaissa Martiniuk - Bandnews FM Curitiba


350 famílias que tiveram as casas atingidas pela forte chuva do fim de maio em Quatro Barras, na região metropolitana de Curitiba, têm o direito a sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Um decreto de 2004 assegura a retirada do benefício ao titular da conta do FGTS caso esteja em situação de emergência ou estado de calamidade pública.

O gerente regional de Governo da Caixa Econômica Federal, Altamir Risso, informa que os moradores da área afetada têm até o dia 10 de julho para solicitar o benefício.  De acordo com ele, a defesa civil do município já fez uma lista prévia das residências comprometidas e informou às famílias sobre a possibilidade de saque do FGTS.

Os bairros de Quatro Barras abrangidos pelo decreto são: Itapira, São Pedro, Granja das Acácias, Jardim Menino Deus, Florestal, Orestes Thá e Jardim Patrícia.

O gerente regional da Caixa ainda explica que os trabalhadores residentes nas áreas atingidas, de acordo com o decreto municipal, têm direito a sacar o valor limitado a R$ 6.220,00 por conta vinculada do FGTS. Altamir Risso ainda ressalta que é preciso ter saldo em conta para realizar o resgate, e o trabalhador não pode ter realizado saque do Fundo por situação de emergência ou estado de calamidade pública em período inferior a um ano.

O trabalhador deverá apresentar os documentos necessários (originais e cópias) para solicitar a liberação do FGTS nas agências da CAIXA. Dentre os documentos exigidos estão o RG, CPF, Carteira de Trabalho, Comprovante de residência emitido no período de 30 de janeiro a 30 de maio de 2019, Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável e cartão ou o número da conta na Caixa Econômica Federal.

A documentação será conferida e não havendo pendências, será informado o dia para efetivar o saque, que acontece em até 5 dias úteis após a solicitação.

O mutirão para o saque do FGTS segue até o dia 10 de julho na Rua Antônio Thomas Bittencourt, número 167, no centro de Quatro Barras. O atendimento é das 9 horas da manhã até as 3 horas da tarde.

Já os moradores de Pinhais, Piraquara e Rio Branco do Sul que também foram afetados com a chuva do dia 30 de maio deverão aguardar mais alguns dias para a retirada do FGTS.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, as prefeituras desses municípios já fizeram o pedido de liberação e estão em fase final de habilitação junto a instituição financeira para autorização de saque do benefício.

Previous ArticleNext Article