Chuva e acidentes complicam volta para casa no feriado

Metro Jornal Curitiba


A chuva antecipou a volta do feriado de 15 de novembro e complicou o tráfego nas rodovias do Paraná ontem. Além disso, dois acidentes graves na BR-376 e na BR-116 causaram interdições e filas de veículos nas rodovias.

Na BR-277, o fluxo chegou à marca de 2 mil veículos por hora na volta do litoral para Curitiba, segundo a concessionária Ecovia, que administra o trecho.

O acidente que parou a BR-376 no sentido São Paulo foi registrado às 9h40 pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Uma carreta se envolveu em um engavetamento no km 652, com derramaneto de óleo na pista.

A rodovia foi totalmente interditada no sentido São Paulo, devido à mistura de água com óleo, e a fila de veículos chegou a 14 km. As duas faixas foram liberadas pouco antes das 13 horas. Antes, dois acidentes envolvendo motocicletas causaram três mortes na mesma rodovia, na altura do município de Contenda. No km 632, uma moto foi atingida por um veículo.

O condutor caiu na pista e foi atropelado por uma carreta. No km 639, outra motocicleta foi atingida por uma carreta e os dois ocupantes morreram. Em Antonina, no km 22 da BR-116, um caminhão tombou por volta das 16h45 e a rodovia ficou interditada no sentido São Paulo.

A pista só foi liberada cerca de uma hora e meia depois.

Litoral

No início da tarde de ontem, a concessionária Ecovia registrou um fluxo três vezes superior ao normal na BR-277 entre o litoral do Paraná e Curitiba. Segundo a Ecovia, houve lentidão nas rodovias PR-407 e PR-508 e congestionamento na saída de Praia de Leste

Previous ArticleNext Article