Mais um morador de rua é queimado na Grande Curitiba

Ricardo Pereira - BandNews FM Curitiba


A Polícia Civil investiga a morte de um morador de rua queimado em Colombo, na Região Metropolitana da capital. É o segundo caso na grande Curitiba nos últimos dias. José Alves de Mello, de 56 anos, foi agredido e, depois queimado. O crime aconteceu dentro de um imóvel abandonado, na Vila Guarani. É o que relata o perito Silvestre, da Polícia Científica.

“A posição que ele tava é de quem estava morto. Se ele estivesse vivo, ele se debateria”, disse. Segundo ele, o corpo foi queimado em cima de um colchão. Ele teria sido arrastado para um quarto, onde os criminosos colocaram madeira sobre ele para manter o fogo.

Por problemas com o alcoolismo, José saiu de casa há um ano e meio e, desde então, passou a morar na rua. Há cerca de uma semana, conheceu outro morador de rua, com quem passou a beber junto. Identificado apenas como Ricardo, o homem testemunhou o que houve, mas nega que tenha participado do crime.

Ele afirma que dois homens apareceram para roubar R$ 100 que José teria recebido por um serviço. Os dois queriam comprar drogas. “Começaram a espancar, ele não queria dar o dinheiro. Arrastaram ele lá para trás”, disse. “Eu falei, ‘não mata o cara, se quiser pegar o dinheiro, pega'”.

Este é o segundo caso nos últimos dias: na última segunda-feira, um homem foi morto queimado em uma praça no bairro Hauer, em Curitiba. Os casos são investigados pela Polícia Civil.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="589084" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]