Multas de trânsito emitidas em Curitiba podem ser pagas em até 12 parcelas

Francielly Azevedo - CBN Curitiba

Fraude Detran Infosolo


O pagamento de multas emitidas em Curitiba por agentes de trânsito da Setran e guardas municipais agora pode ser parcelado. De acordo com a Prefeitura, um convênio foi firmado com o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR).

O parcelamento pode ser feito em até 12 vezes, com cartão de crédito. A superintendente de Trânsito de Curitiba, Rosangela Battistella, explica que o objetivo é diminuir o número de inadimplentes na cidade. “A ideia é diminuir esses inadimplentes, facilitar, para que eles possam regularizar sua situação porque uma multa atrasada, não paga, pode ir para uma dívida ativa. E também porque, via de regra, o usuário que está com multas atrasadas acaba tendo IPVA ou licenciamento atrasados, pode ser pego em uma blitz e ter seu veículo apreendido. A gente quer evitar esse tipo de situação também”.

É necessário solicitar presencialmente na sede do Detran-PR, que fica na Avenida Victor Ferreira do Amaral, 2.940, Tarumã, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. “Por enquanto, é somente no Detran do Tarumã que é feito esse parcelamento”, disse. “A gente tem intenção de abrir em outras sedes, no Centro e em outras cidades, mas, por enquanto, é só no Detran do Tarumã”.

Conforme Battistella, as operadoras de cartões de crédito ficam responsáveis pela quitação da dívida, à vista. O repasse ao município é feito de forma única e imediata. “Não temos nenhum ônus, porque já temos esse convênio com o Detran”.

Desde o fim do ano passado, a população paranaense pode quitar multas e outros débitos relacionados a veículos, como IPVA e licenciamento, por meio dos cartões de crédito e débito. O parcelamento da dívida em atraso pode ser feito em até 12 vezes em negociação direta do devedor com as operadoras de cartões.

Uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) foi que autorizou a implantação do sistema.

Previous ArticleNext Article