Cerca de 380 mil veículos devem passar pela BR-116, diz concessionária

Fernando Garcel


A concessionária Autopista Planalto Sul, que administra a BR-116 no Paraná e Santa Catarina, espera que 380 mil veículos passem pela rodovia neste final de ano, entre as praças de pedágio que ligam Curitiba até Capão Alto (SC), na divisa com Rio Grande do Sul. O movimento é 10% maior que nos dias normais. Os picos de fluxo devem ser registrados entre os dias 22 e 23, entre 17h e 21h, e no dia 29, entre 17h e 21h, com retorno no dia 2 com maior movimento pela manhã.

> Após sete anos, concessionária concluí obras de duplicação da BR-116

A rodovia deve apresentar pontos de lentidão nas regiões de Curitiba, Areia Branca dos Assis, Mafra, Santa Cecília, São Cristóvão do Sul e Lages. Durante este final de ano no trecho da BR 116 só haverá uma interdição de pista (norte), no Km 0+100, município de Mafra, obra de alargamento de viaduto sobre a linha férrea, com interdição da pista e pare e siga operando com semáforo. Em Fazenda Rio Grande a concessionária liberou, mediante sinalização provisória, mais um trecho da duplicação, do Km 133,7 ao Km 134,4, próximo à praça de pedágio. O trecho em obras, com pare e siga na Serra do Espigão, em Monte Castelo será liberado até o final deste ano. Em janeiro as obras continuam com intervenções pontuais.

“Esta época do ano tendemos a estar mais relaxados, saímos com nossa família, que é nosso bem mais precioso, por isso temos o dever de respeitar os limites de velocidade da via, a distância entre os veículos e principalmente fazer a revisão do carro antes de pegar a estrada”, destacou José Júnior, coordenador de operações da Planalto Sul.

A concessionária orienta aos motoristas para que conheçam antecipadamente o trajeto de suas viagens, planeje as paradas e estejam atentos à sinalização viária, especialmente em trechos de perímetros urbanos e entroncamentos, locais onde é esperado um tráfego maior.

Previous ArticleNext Article