Homens são presos suspeitos de vender passagens aéreas falsas para estrangeiros

Alexandra Fernandes

Um homem de 56 anos e o filho dele de 23 anos foram presos suspeitos de estelionato. A dupla atuava em uma agência de turismo especializada em atendimento a estrangeiros, no caso a haitianos. Eles vendiam passagens aéreas com códigos de reserva falsos que só eram descobertos no momento do embarque das vítimas.

De acordo com o delegado Pedro Antunes, as investigações começaram após vários boletins de ocorrência registrados por imigrantes. As vítimas eram atraídas por anúncios na internet com promoções de passagens. E quando o golpe era descoberto, e os haitianos solicitavam o reembolso dos valores pagos, eram ameaçados.

Até agora 12 vítimas já procuraram a Polícia Civil. Os homens foram presos preventivamente e permanecem a disposição da justiça.

Previous ArticleNext Article