Vereadora suspeita de falsificar atestado vira ré

Lorena Pelanda


A vereadora de Foz do Iguaçu, Nanci Rafain Andreola, do PDT, virou ré no processo que investiga o uso de atestado falso para justificar uma falta. A Justiça aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público do Paraná nesta segunda-feira (06). A ação é referente somente ao uso de documento falso.

A vereadora passou a ser investigada depois que apresentou o documento falso ao faltar a uma sessão da Câmara e no dia seguinte postou fotos participando do Rock In Rio.

O médico que teria assinado o atestado afirma que o documento é falso. Maxsuel Almeida chegou a ser ouvido na Comissão de Ética da Câmara de Vereadores de Foz e disse que a letra e a assinatura não eram dele. A vereadora Nanci Rafagnin Andreola (PDT), rebateu a afirmação do profissional.

Segundo a defesa de Nanci, a vereadora já devolveu os recursos recebidos referentes à data da falta.

Ela foi denunciada por moradores da região.

Depois do afastamento de um mês, Nanci deve participar das sessões nesta terça-feira (07) na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná.

Previous ArticleNext Article
Lorena Pelanda
Coordenadora de jornalismo da rádio BandNews FM Curitiba