Mais de 86 mil motoristas têm carteira cassada ou suspensa no Paraná em 2018

Lorena Pelanda


O número de carteiras suspensas e cassadas no Paraná preocupa cada vez mais. Só neste ano, foram gerados mais de 82 mil processos de suspensões e aproximadamente 4.500 carteiras cassadas no Paraná. Esses dados são maiores que o total do ano passado, que teve 82 mil processos, de acordo com o Detran/PR.

Para agilizar esse processo, a partir deste sábado (01), os motoristas poderão fazer o curso de reciclagem à distância. O Detran está implantando a novidade para facilitar todo o processo.

Segundo o coordenador de habilitação do Detran, Farid Gelasco, o curso à distância terá a mesma duração de trinta horas. “O curso à distância se soma aos cursos presenciais. Ele tem a mesma duração. O condutor deve ir até o Detran ou algum Centro de Formação de Condutores que ofereça esse tipo de serviço”, afirma.

Ele afirma ainda que o aumento da fiscalização e imprudência dos motoristas são os principais motivos para o crescimento de condutores com carteiras com restrições.

As suspensões e cassações são aplicadas a partir de quatro situações: suspensão por infração específica (suspensão direta), suspensão por atingir 20 pontos em 12 meses, cassação por violar a penalidade de suspensão do direito de dirigir, e cassação por reincidência em infrações específicas no período de 12 meses.

O prazo de suspensão pode variar de dois meses até dois anos, e caso o condutor tenha a CNH cassada, só pode retirar novamente dois anos após a penalidade.

Previous ArticleNext Article
Coordenadora de jornalismo da rádio BandNews FM Curitiba
[post_explorer post_id="550018" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]