Homem que usava mais de seis identidades diferentes é alvo da polícia

Mariana Ohde


Um homem que usava, pelo menos, seis nomes diferentes é alvo da Operação Identidade, deflagrada nesta quinta-feira (30), em Curitiba, pela Divisão de Combate à Corrupção (DCC), da Polícia Civil do Paraná, com apoio da Receita Federal.

Entre os manados, estão cinco mandados de prisão, abertos em outros estados, contra o criminoso, que já foi condenado a mais de sete anos de prisão pelo crime de estelionato majorado.

De acordo com a polícia, o homem já chegou a usar, quando morava no Nordeste, mais de dez nomes diferentes e chegou a se passar por procurador de Justiça e assessor da Casa Civil. Carteiras de identidade falsas que ele usava foram confeccionadas na região, segundo a polícia. Ele foi preso em 2012, pelos crimes de uso de documento falso e lavagem de dinheiro, depois de aplicar um golpe, mas acabou sendo solto.

Ainda segundo informações da DCC, o estelionatário estaria em Curitiba há cerca de quatro anos, período em que abriu três lojas, uma delas em um dos maiores shoppings da capital. Ele estaria trabalhando atualmente na abertura de uma quarta loja, na cidade de Miami, nos Estados Unidos. O estelionatário conseguiu, também, comprar carros de luxo, sempre usando documentos falsos. Um dos carros adquiridos por ele custou R$ 350 mil.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="549366" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]