Escolas começam a receber estudantes para ano letivo 2019

Lenise Aubrift Klenk - BandNews FM Curitiba

Escolas do ensino fundamental ao médio se preparam para receber estudantes nesta semana para o começo do ano letivo 2019. Boa parte dos estabelecimentos privados deu o início às aulas nesta segunda-feira (11). Na rede pública estadual do Paraná, são cerca de um milhão de alunos que chegam às escolas na quinta-feira (14).

Na sexta-feira (15), aproximadamente 140 mil estudantes devem ser recebidos nas escolas públicas municipais de Curitiba. Para professores e funcionários, o trabalho começa antes, com reuniões pedagógicas, organização da documentação escolar, matrículas, prestação de contas, atendimento à comunidade e reparos estruturais. O movimento de deslocamento de estudantes e familiares deve complicar o trânsito em Curitiba. Os ônibus da capital, que seguiam a tabela de férias, voltaram a circular em horário normal nesta segunda-feira (11).

A Urbs reativou 26 linhas que haviam sido suspensas temporariamente e que costumam reforçar linhas originais de ônibus que atendem universidades e escolas que estavam em período de férias. Assim como em anos anteriores, 2019 começa com discussões judiciais que envolvem o governo do estado e representantes dos professores.

A APP-Sindicato promete recorrer da decisão do Tribunal de Justiça do Paraná que derrubou uma liminar que oferecia garantias a professores que tiveram atestado médico no ano passado. Desde 2017, o governo inclui atestados médicos e outras licenças legais entre os critérios que são pontuados de forma negativa para realizar a distribuição de aulas extraordinárias. Uma liminar conseguida pelo sindicato da categoria foi cassada no julgamento de um recurso apresentado pelo governo do estado.


Além de apresentar novo recurso judicial, o sindicato prepara reuniões com deputados estaduais para entregar um documento com os argumentos dos professores contra a medida. Para terça-feira da semana que vem (19) está programada uma mobilização em Curitiba.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook