Advogado e funcionário são assasinados em escritório de Curitiba; OAB/PR declara luto

Redação

O advogado Domingos Zanuncini Júnior e um auxiliar de seu escritório, de 60 anos, foram assassinados no começo da tarde desta terça-feira (19), no bairro Pinheirinho, em Curitiba. Ambos foram vítimas de disparos ainda na entrada do local de trabalho, localizado na marginal da Linha Verde, por volta das 11h30 da manhã. O caso está entregue à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A suspeita é que o assassino teria uma desavença com o advogado por causa de uma negociação de imóveis. Entretanto, de acordo com o relato de testemunhas, não houve discussão antes das execuções. De acordo com a perícia, Domingos sofreu apenas um tiro, enquanto se funcionário, de 60 anos, foi atingido por cinco ou seis disparos.

“O funcionário  era um faz-tudo do local e nada indica que ele era o alvo. É muito difícil falar o que aconteceu, mas trabalhamos com uma linha de investigação é que os familiares do Domingos mexiam muito com compras e vendas de terras e imóveis. Ele era quem fazia os contratos e acreditamos que seja algum desacerto relacionado a esses bens”, afirmou a delegada Camila Ceconello, responsável pelas investigações.

Domingos exercia a profissão desde 2015. A Ordem dos Advogados do Paraná (OAB/PR) declarou luto em seu site. “As evidências apontam para um crime decorrente do exercício profissional. A OAB Paraná acompanha as investigações de perto, em contato com a delegada responsável”, diz o texto publicado.


Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook