Pai de terapeuta ocupacional é preso suspeito de ter matado a filha

O pai da terapeuta ocupacional, Aline Miotto Naldony, foi preso nesta quinta-feira suspeito de ter assassinado a filha. ..

Ana Flavia Silva - BandNews FM Curitiba - 13 de junho de 2019, 21:32

O pai da terapeuta ocupacional, Aline Miotto Naldony, foi preso nesta quinta-feira suspeito de ter assassinado a filha. Luiz Carlos Naldony foi ouvido na manhã de quinta-feira (13) e confessou ter matado a terapeuta ocupacional. A motivação teria sido um problema familiar. A prisão é preventiva, ou seja, sem tempo determinado. Uma coletiva de imprensa, marcada para esta sexta-feira (14) deve revelar mais detalhes sobre como o crime aconteceu.

A vítima foi encontrada em um terreno nos fundos da Colônia Penal Agrícola, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, na tarde do último dia 6. Ela havia sido vista pela última vez pouco depois das seis horas da manhã, quando saiu de casa no bairro Alto da XV, em Curitiba. O celular e a bolsa tinham sido levados, mas a aliança de ouro, não. A polícia utilizou imagens de câmeras de segurança na região para ajudar nas investigações.

O marido da terapeuta prestou depoimento no fim de semana e relatou como era a rotina da esposa. Aline havia se formado no mês passado. Atuava como terapeuta ocupacional em uma escola, no tratamento de adolescentes e adultos com necessidades especiais. Ao contrário do que chegou a ser comentado no dia do crime, ela não trabalhava na Colônia Penal Agrícola.