Justiça condena quadrilha que era chefiada por mulher sem antecedentes criminais

William Bittar - CBN Curitiba

vizinho - som alto - volume - TJPR - Curitiba - réu

Quinze pessoas foram condenadas por associação criminosa em Pontal do Paraná, no litoral do Estado, depois de uma ação penal proposta pelo Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca.

Todos os condenados participavam de uma quadrilha de tráfico de drogas na cidade, atuando, principalmente, no bairro Vila Progresso, e em balneários vizinhos.

Todos os réus foram identificados e presos em uma operação deflagrada pelo Ministério Público, com apoio do 9º Batalhão da Polícia Militar, no final de 2016. A organização criminosa era chefiada por uma mulher que não tinha antecedentes criminais.

Segundo o Juízo da Vara Criminal de Pontal do Paraná, “comprovou-se a existência da associação criminosa, bem como sua forma de atuação, a divisão de funções e estrutura hierárquica”.

Na condenação, também foi apontado que existem muitos elementos que evidenciam a quadrilha destinada a promover a aquisição, venda e distribuição de drogas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="539252" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]