Abaixo-assinado pede que Rodoferroviária receba o nome de Rachel Genofre

Alexandra Fernandes

rodoferroviária de curitiba, rodoviária, raquel genofre, raquel maria lobo oliveira genofre, mudança de nome, moção, câmara municipal de curitiba, câmara municipal

Ao menos 5 mil pessoas já assinaram uma petição online que solicita que a Rodoferroviária de Curitiba, que não possui nome, seja batizada de Rachel Lobo Genofre, em homenagem à menina que foi encontrada morta no local em 5 de novembro de 2008. O caso completa 10 anos na próxima segunda-feira (5) e ainda segue sem solução.

Rachel tinha apenas 9 anos quando desapareceu no dia 3 de novembro de 2008, depois de sair do Instituto Estadual de Educação, no centro da capital. O corpo da menina foi encontrado  dentro de uma mala, embaixo de uma escada da Rodoferroviária, no dia 5 de novembro. A menina estava seminua e com marcas de violência sexual e estrangulamento.

Foi um fiscal da Urbs que abriu a mala e encontrou o corpo enrolado em lençóis e sacos plásticos. A Polícia Militar foi acionada em seguida. O assassino nunca foi identificado. A petição solicita que a homenagem se estenda a outras meninas que foram vítimas de violência sexual. Além disto, o documento quer provocar uma reflexão sobre o crime que segue impune. A expectativa é de recolher 10 mil assinaturas.

 

Previous ArticleNext Article