Abastecimento é retomado em todas as regiões do PR

Jordana Martinez

Mais de 80% dos postos de Curitiba e Região Metropolitana tinham combustíveis, informou o Sindicombustíveis. São 340 postos em Curitiba e 210 nos municípios da região.

Segundo sindicato, boa parte dos postos apresenta a falta de algum produto. Por exemplo, tem gasolina mas não tem álcool ou diesel. Mas de forma geral, casos de falta total de qualquer tipo de combustível vão diminuindo.

O Sindicombustíveis-PR acredita que, caso o ritmo de retomada do abastecimento seja mantido, a situação prossiga melhorando nos próximos dias.

LITORAL


No litoral, a situação já é bem melhor. Guaratuba, por exemplo, que foi a cidade mais atingida, contava com pelo menos três postos abastecidos por volta das 9h desta sexta-feira. Nas demais cidades, a maioria dos postos estava operando no começo da manhã. Podem ocorrer casos de término dos estoques, mas a reposição ocorre de forma mais intensa.

MARINGÁ

A situação em Maringá segue voltando à normalidade. Não há mais filas. Por volta das 9h desta sexta-feira, cerca de 80% dos 76 postos de Maringá possuíam combustíveis. Ocorrem casos de acabar o estoque de algum produto, mas a reposição segue sendo feita.

LONDRINA

A situação melhorou muito em Londrina. Quase metade dos 96 postos da cidade possuíam algum tipo de combustível por volta das 9 horas desta sexta-feira.

Como a cidade sofreu muito com a escassez de combustível, ainda existem filas, mas bem menores. Mas a tendência é melhorar nos próximos dias.
Continua valendo o aviso para pedir calma à população. O quadro certamente irá melhorar, gradativamente.

GUARAPUAVA

Por volta das 9h30 desta sexta-feira, 40% dos 51 postos da cidade tinham algum tipo de combustível. Ocorrem casos de estoques terminarem, mas a reposição segue ocorrendo.

FOZ DO IGUAÇU

Por volta das 9h da manhã desta sexta-feira, metade dos 58 postos da cidade estava funcionando, com pelo menos um tipo de produto – gasolina, álcool ou diesel.

CASCAVEL

Cerca de 25% dos 80 postos de Cascavel tinham estoque de algum combustível no começo da manhã desta sexta-feira, por volta das 7h30. A retomada é gradual e já não existe mais aquele clima de correria aos postos.

PONTA GROSSA
Cerca de 50% dos 45 postos da cidade possuíam algum tipo de combustível para venda na manhã desta sexta-feira, por volta das 7 horas.

SINDICOMBUSTÍVEIS-PR ESCLARECE SOBRE PREÇOS – Respondendo demanda de alguns colegas da imprensa

O mercado de combustíveis é regido pela livre concorrência e o sindicato portanto não define ou regula preços, o que faz com que cada caso deva ser analisado em separado. É preciso avaliar fatores como aumentos nos preços praticados pelas distribuidoras de combustíveis, os novos aumentos da Petrobras, término de promoções e os custos de cada revendedor.

Acrescentamos que informações disponíveis no mercado mostram que a Petrobras promoveu alta na refinaria nesta quinta-feira (31) e também ocorreu elevação do etanol nos últimos dias. O preço do etanol interfere diretamente na gasolina comum, pois por determinação legal a gasolina comum vendida no Brasil leva 27% de etanol da mistura.

Os postos representam o elo da cadeia de combustíveis mais expostos e mais cobrados a dar explicações, mas são também o componente com menor poder econômico para definir preços.

Petrobras, governo e companhias distribuidoras não podem ser esquecidas neste debate.

Uma dica do Sindicombustíveis para conhecer mais sobre o que compõe os preços é o site lançado pela entidade:

http://www.verdadesobreocombustivel.com.br/

Post anteriorPróximo post
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
Comentários de Facebook