Polícia alerta para ação de batedores de carteira com vídeo no Facebook

Andreza Rossini


Repórter Cristina Seciuk da CBN Curitiba

Ações rápidas e tão discretas que quase passam despercebidas em meio ao empurra-empurra de ônibus lotados, no apertado embarque em estações-tubo ou na travessia de uma faixa de pedestres.

Em poucos segundos, lá se foi a carteira, o celular, de dentro da mochila, do bolso do casaco. As imagens, flagradas em câmeras de segurança, abrem o vídeo divulgado pela delegacia de Furtos e Roubos em sua página no Facebook. Em todos os casos, são mostrados criminosos que se valem da distração da vítima para se apropriar de algum pertence.

Para evitar cair nessas ciladas, as dicas de segurança são apresentadas pelo delegado Emmanoel David. As recomendações valem para evitar a ação dos chamados punguistas e também para diminuir os prejuízos caso algum pertence seja levado. Veja o vídeo completo:

Na região central, há relatos de que as ações desse tipo são freqüentes.

Ouvintes que trabalham por ali afirmam que a Marechal Deodoro, na área entre os cruzamentos da Marechal Floriano e a João Negrão, é crítica, com batedores de carteira agindo diariamente. “Eu percebo que eles estão aqui mais ou menos no período de banco, na hora do almoço, horário que o pessoal está no Ministério da Fazenda, também já vi na região do bondinho da XV e inclusive no sábado de manhã”.

Para quem sempre circula por aquela região, repleta de bancos e comércio, a maneira como esses grupos agem já ficou bastante clara e as vítimas são sempre quem dá mais chances à ação. “A princípio elas andam separadas e quando identificam uma vítima se aglomeram ao entorno dela e, ou roubam na mão leve, ou geram algum tipo de confusão para cometer o furto”, afirmou.

 

Previous ArticleNext Article