Acesso Soturno: operação desarticula organização especializada em assaltos residências em Maringá

A Operação Acesso Soturno, deflagrada ontem (9), desarticulou uma organização criminosa que praticava assaltos residenci..

Redação - 10 de dezembro de 2021, 10:02

Divulgação/PF
Divulgação/PF

A Operação Acesso Soturno, deflagrada ontem (9), desarticulou uma organização criminosa que praticava assaltos residenciais em Maringá, na região norte do Paraná. Policiais federais cumpriram seis mandados de busca e apreensão e sete de prisão preventiva.

Conforme a PF (Polícia Federal), a investigação foi iniciada em setembro de 2021, quando o grupo criminoso roubou a residência de uma servidora da Justiça Federal e subtraiu seu celular funcional.

Ao longo dos trabalhos, constatou-se que a PCPR (Polícia Civil do Paraná) também investigava a quadrilha, sendo que os trabalhos ocorreram em conjunto, bem como com o serviço reservado da PMPR (Polícia Militar do Paraná).

Em novembro, a polícia civil deflagrou uma operação e prendeu boa parte do grupo. Já a ação de ontem teve por finalidade prender o suposto líder do bando, bem como angariar mais provas e cumprir novas prisões preventivas contra os indivíduos já encarcerados cautelarmente e outros ainda não alcançados pela apuração anterior.

Os presos na Operação Acesso Soturno responderão pelos crimes de organização criminosa e roubo qualificado. Os mandados são cumpridos nas cidades de Maringá e Paiçandu.

Acesso Soturno: operação desarticula organização especializada em assaltos residências em Maringá (Divulgação/PF)