Pista da BR-376 é liberada após cinco horas do acidente com caminhões no litoral do Paraná

Redação

acidente br-376

A pista da BR-376, sentido Santa Catarina, foi liberada por volta das 19h20 desta sexta-feira (4), quase seis horas depois do acidente entre caminhões que deixou dois feridos.. O trecho do quilômetro 673 da rodovia, em Guaratuba, no litoral do Paraná, ficou interditado durante à tarde e causou um congestionamento que chegou à 11 quilômetros.

De acordo com a concessionária Arteris Litoral Sul, responsável por administrar o trecho, também há retenção na saída de Curitiba, mais exatamente no quilômetro 662, em Tijucas do Sul. Assim que a situação for normalizada no local do acidente, o fluxo será liberado.

O Corpo de Bombeiros e as equipes da concessionária fizeram o controle do incêndio causado na colisão entre as carretas e ainda trabalham na retirada do material da pista.

ACIDENTE NA BR-376 DEIXA DOIS FERIDOS, DIZ PRF

Um acidente grave envolvendo dois caminhões na BR 376, em Guaratuba, na tarde desta sexta-feira (4), deixou duas pessoas feridas e interditou totalmente a pista sentido Santa Catarina. Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a colisão aconteceu no quilômetro 673 da rodovia por volta das 13h45.

Os bombeiros foram acionados e o incêndio causado por conta do acidente já foi controlado. Ainda conforme a PRF, por conta da grande quantidade de cimento espalhado na pista, a pista segue interditada e ainda não há previsão de liberação da estrada. Ainda é necessário fazer o trabalho de retirada dos veículos e terminar a limpeza da pista.

A corporação ainda confirmou que as duas pessoas socorridas estão com vida: uma teve ferimentos moderados e outra com ferimentos leves.

A PRF pede atenção aos motoristas no dia que a  Operação Independência 2020 foi iniciada. A corporação trabalha com foco na prevenção e na gravidade dos acidente de trânsito nas estradas federais até a próxima terça-feira (8).

A PRF promoverá o monitoramento dos indicadores acidentalidade e criminalidade, bem como o direcionamento de efetivo no policiamento ostensivo preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade, para garantir aos usuários das rodovias federais segurança, conforto e fluidez do trânsito.

Também haverá atenção especial nas vias urbanas de grande fluxo de veículos e nos corredores de tráfego típico de feriados.

Previous ArticleNext Article