Sobreviventes no acidente da BR-376 relatam que motorista do ônibus dirigiu de forma imprudente

Redação

acidente br-376 paraná guaratuba ônibus

Ao menos três passageiros que sobreviveram ao acidente com o ônibus na BR-376, em Guaratuba, no litoral do Paraná, relataram que o motorista teve uma condução imprudente no momento do tombamento do veículo. A informação foi divulgada pelo delegado Edgar Santana, da Dedetran (Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba), em entrevista à rádio CBN Curitiba.

“Segundo algumas das testemunhas, havia dois motoristas na condução do veículo e um motorista, que eles falam como o ‘moreno’, estava dirigindo de acordo com o padrão e o mais velho, que teria sido o condutor no momento da colisão, estaria dirigindo de forma imprudente, fazendo acelerações indevidas durante o trajeto e fazendo com que o veículo balançasse por diversas vezes”, conta o delegado.

De acordo com Santana, os sobreviventes foram ouvidos na cidade de Garuva, em Santa Catarina, onde apontaram que o homem de 67 anos estava com uma direção perigosa na estrada do Paraná. A versão dos passageiros é mais um elemento importante na investigação da polícia. Ontem, o motorista prestou depoimento em Guaratuba e alegou que o acidente foi causado por problema nos freios do ônibus.

Para o delegado Edgar Santana, ainda são necessárias outras diligências, como novos depoimentos e resultados da perícia, para acusar o que de fato aconteceu.

“Ainda é prematuro falar quem é o responsável pela prática do fato e quais crimes irão responder. Trabalhamos inicialmente com duas hipóteses: falha mecânica ou falha humana, mas precisamos apurar os fatos efetivamente e montarmos nosso quebra-cabeça para concluir o procedimento”, completa.

16 DAS VÍTIMAS NO ACIDENTE DA BR-376 JÁ FORAM IDENTIFICADAS

Por volta das 8h30, um ônibus de turismo se envolveu em um acidente na BR-376, em Guaratuba, no quilômetro 668, local conhecido como Curva da Santa. Equipes de resgate do Paraná e de Santa Catarina foram mobilizados para auxiliar na remoção das vítimas, que estavam em um local de difícil acesso, em um barranco às margens da rodovia.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), 53 passageiros e dois motoristas estavam no veículo no momento da tragédia. Conforme balanço do Corpo de Bombeiros, foram 19 mortes e 33 feridos no acidente da BR-376. Nesta terça-feira (26), já eram 16 vítimas identificadas, sendo uma criança.

  • Alexandre Costa da Cruz – 26 anos;
  • Andreia Miranda dos Santos – 27 anos;
  • Antonio Carlos Teixeira Lima – 41 anos;
  • Carlos Henrique Da Silva Teixeira – 14 anos ;
  • Dailson Ferreira Pimentel – 32 anos
  • Emanuele Cristina Martins Miranda – 26 anos
  • Gabrielly Pinto Favacho – 21 anos;
  • Geovanna Cristina Pacheco Pinheiro – 20 anos;
  • Iracelma de Carvalho e Souza – 47 anos;
  • Iranilda Carvalho de Souza – 54 anos;
  • João Paulo Ferreira Santos – 19 anos;
  • José Renan da Silva Souza – 18 anos;
  • Juliane de Jesus Botelho Garcia – 23 anos;
  • Roni Cristian Pinheiro de Almeida – 21 anos;
  • Thyago dos Santos Barros – 32 anos
  • Valdenilson Gurjão de Souza – 22 anos.

As outras três vítimas devem ser identificadas nas próximas horas. Os corpos estão no IML (Instituto Médico Legal) de Curitiba e são liberados mediante documentação de familiares.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="741604" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]