Adolescentes que eram agredidos pelo pai são transferidos para Curitiba

BandNews FM Curitiba

pai espanca hpp morte cerebral

Estão em Curitiba os dois adolescentes de 13 e 16 anos que, segundo a polícia, eram agredidos constantemente pelo pai, em Goioerê, noroeste do Paraná. A medida foi uma intervenção do Ministério Público com apoio do Conselho Tutelar.

Os rapazes foram encaminhados à casa da mãe, na capital paranaense. A investigação revelou que o homem ainda se apropriava do salário de um dos rapazes para comprar drogas. É o que relata o delegado Thiago Soares.

“Uma situação de lesões corporais contra o adolescente. O filho mais velho é menor aprendiz e tem uma renda mensal de cerca de R$ 600 que era apropriado pelo pai, que é desempregado e dependente químico. Ele usava os valores para poder sustentar seu vício”, afirmou o delegado.

De acordo com a polícia, há indícios de que o homem também obrigava os filhos a comprar drogas para ele.

“Por vezes, diante dos nossos levantamentos, ele utilizava os filhos até para ir comprar as drogas para ele. O menor de 13 anos afirma que sofria muitas agressões do pai”, conta.

A polícia chegou até o suspeito por meio de uma denúncia anônima. Pelas agressões, o homem assinou um termo circunstanciado e foi liberado. No entanto, caso se confirme que ele envolvia os filhos em negociações de drogas, ele também deve responder por corrupção de menores e tráfico de entorpecentes.

Previous ArticleNext Article
Avatar
em 20 minutos tudo pode mudar