Advogados fazem ato em homenagem a Tatiane Spitzner e contra violência de gênero

Andreza Rossini


A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Paraná realiza, neste sábado (11), um ato em memória a Tatiane Sptziner, vítima de feminicídio, contra a violência de gênero e em homenagem ao dia do advogado.

A caminhada saiu da sede da OAB, por volta das 11h30 e seguiu até o Museu Oscar Niemeyer, no Centro Cívico, em Curitiba.

 – Marido acusado de matar advogada afirma que não lembra do que ocorreu

Os participantes carregam bexigas brancas.

Durante o evento, o pai de Tatiane, Jorge Spitzner afirmou que a violência de gênero “assola do país” e que a mobilização o mostrou que a causa “é de muitos”.

Foto: Reprodução/Facebook

Por meio de nota, a OAB afirmou que não poderia deixar de lembrar o fato ocorrido com a advogada paranaense. Veja na íntegra:

O Dia do Advogado, celebrado em 11 de agosto, é lembrado pela OAB em uma série de comemorações, entre elas o ato deste sábado. Mas a entidade não pode deixar de lembrar, com pesar, o fato ocorrido no último mês. A advogada Tatiane Spitzner morreu no dia 22 de julho após cair do prédio onde morava em Guarapuava. O Ministério Público apresentou denúncia contra o marido dela, Luis Felipe Manvailer, suspeito de feminicídio e flagrado pelas câmeras de segurança do prédio cometendo agressões contra a advogada.

No último dia 7, a Lei Maria da Penha completou 12 anos. Diante do caso emblemático ocorrido com a advogada paranaense e de tantas outras situações veiculadas na imprensa nos últimos dias, a OAB considera fundamental relembrar essa data e fazer o alerta para que as mulheres denunciem a violência e a sociedade reaja com firmeza contra a violência de gênero”. 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="544214" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]