Advogados são presos por fraudes contra empresas de energia, água e telefonia

Francielly Azevedo


Dois advogados foram presos em uma Operação da Polícia Civil, nesta terça-feira (27), em Altônia, no noroeste do Paraná. Eles são suspeitos de ajuizar ações fraudulentas contra empresas paranaenses. Além deles, uma auxiliar de escritório também é investigada.

Segundo a Polícia, eles moviam ações indenizatórias de forma fraudulenta contra a Copel (Companhia Paranaense de Energia Elétrica), Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) e a Tim Paraná.

Existem mais de 3,8 mil processos ativos, sobrestados e arquivados contra as empresas. Destes, 95% foram ajuizados pelos investigados.

De acordo com a Polícia Civil, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, prisão temporária e sequestro de bens.

Além disso, 35 pessoas, que são partes nas ações judiciais, devem ser ouvidas em depoimentos para averiguar se elas tinham participação nos crimes.

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.