Agente penitenciário de 43 anos morre vítima da Covid-19 no Paraná

Redação

pep i, pep 1, penitenciária estadual de piraquara, depen, sesp, paraná, presos, detentos, agentes penitenciários, policiais penais, sindarspen, covid-19, coronavírus, pandemia

O agente penitenciário Marcelo Tersi de 43 anos morreu vítima da Covid-19 nesta terça-feira (5). A vítima ficou internada cinco dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hosital Santa Casa de Curitiba, mas sofreu complicações decorrentes da contaminação e veio à óbito.

Ele trabalhou na Penitenciária Estadual de Piraquara e na Casa de Custódia de Curitiba. Atualmente, estava lotado na Cadeia Pública de Curitiba. Ele deixa esposa e três filhas. De acordo com o mapa de monitoramento de prevenção ao coronavírus, 140 policiais penais já foram contaminados.

Marcelo Tersi é o primeiro agente penitenciário a morrer pela Covid-19. De acordo com o Sindarspen, o sindicato irá levar a notícia do óbito do agente penitenciário ao governo estadual, já que desde o início da pandemia, exige efetivação de protocolos mais rígidos para a categoria.

Previous ArticleNext Article