Aglomerações e festas clandestinas resultam em R$ 510 mil em multas, em Curitiba

Redação


Apenas na noite deste sábado (19), aglomerações e festas clandestinas resultaram em R$ 510 mil em multas aplicadas em estabelecimentos de Curitiba.

De acordo com relatório da Aifu (Ação Integrada de Fiscalização Urbana), sete estabelecimentos foram fechados na vistoria que percorreu 11 endereços no Centro, Boqueirão, Sítio Cercado, Cidade Industrial e Jardim Botânico.

Na região central, dois bares foram notificados para cassação de alvará, por reincidência no descumprimento da legislação. Além disso, duas festas clandestinas foram interrompidas no CIC, assim como a paralisação de atividades em uma casa noturna.

Foram lavrados dez autos de infração, no total de R$ 510 mil, a estabelecimentos que estavam funcionando em desacordo com as normas sanitárias de prevenção e controle da Covid-19 na operação de sábado. Os autos aplicados na sexta e no sábado somaram R$ 590 mil para 21 estabelecimentos por descumprimento à Lei Municipal 15799/2021.

FESTAS CLANDESTINAS SÃO INTERROMPIDAS EM CURITIBA

Neste sábado, no CIC, foram paralisadas duas festas clandestinas, com os responsáveis autuados em R$ 200 mil e R$ 40 mil, respectivamente. No Sítio Cercado, foi lavrado um auto de infração de R$ 150 mil, a um Bar e Tabacaria por funcionamento ilegal e promover aglomeração.

Já no Boqueirão, uma distribuidora de bebidas foi autuada em R$ 10 mil, por funcionar fora do horário liberado. No Centro, um Bar/Casa Noturna foi autuado em R$ 50 mil, por atividade em desacordo com o que é permitido e outros dois bares, também na região central, foram autuados em R$ 40 mil e R$ 20 mil, respectivamente, ambos notificados para a cassação de alvará por reincidência.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="771036" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]