Alerta de chuva no Paraná é emitido pelo INMET; veja a previsão do tempo

Vinicius Cordeiro

tempestades, granizo, vendaval, chuva, paraná, sudoeste, inmet, simepar, alerta, curitiba, inmet

O INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu nesta terça-feira (7) um alerta laranja para tempestades em todo o Paraná, válido até às 9h30 desta quarta-feira (8). O aviso indica a possibilidade de chuvas fortes e granizo, com ventos entre 60 e 100 quilômetros por hora e pancadas entre 50 e 100 milímetros por dia. Já o Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná) diz que a chuva vai sendo contínua em algumas cidades, mas não é aguardado nenhum evento mais severo.

De acordo com o aviso do INMET, existem risco de alagamentos, corte de energia elétrica, queda de árvores e estragos em plantações.

Além do Paraná, o alerta também abrange Santa Catarina e faixa do Rio Grande do Sul. (Reprodução / INMET)

O Inmet classifica seus avisos de quatro formas. A cor verde quer dizer que nenhum fenômeno está previsto. Já a cor amarela representa perigo potencial.

Por fim, a cor laranja apresenta perigo, enquanto a cor vermelha significa ‘grande perigo’.

PREVISÃO DO TEMPO NO PARANÁ

Previsão do tempo para essa terça-feira. (Reprodução / Simepar)

O Simepar confirma que o estado vai recebendo a chuva durante o dia, mas ainda não constatou nenhuma grande tempestade.

“Estão ocorrendo algumas pancadas, mas não esperamos eventos muito severos. É de verão mesmo e continua quente”, explica o meteorologista Reinaldo Kneib, do Simepar, em entrevista o Paraná Portal.

A previsão para Curitiba hoje (7) é que os termômetros fiquem entre 20°C e 31°C, com alguns chuviscos. Já o esperado para essa quarta-feira (8) é uma mínima de 19°C e máxima de 27°C, com chuvas de 9,6 milímetros.

Londrina, no norte do estado, tem previsão de, no mínimo, 10 milímetros de chuva até o próximo sábado (11). As temperaturas vão aumentar gradualmente, mas a máxima prevista é de 25°C hoje e 27°C amanhã.

No oeste, Foz do Iguaçu chega aos 29°C durante essa terça, com cerca de 8 milímetros de chuva. Já amanhã, Foz deve alcançar os 35°C sem chuva alguma.

Contudo, o especialista ressalta que é difícil estimar a quantidade de chuva.

“A previsão de volume é instável. Estamos estudando bastante e para chegar ao valor não é tão simples, mas estamos seguindo a linha de várias instituições. Em Londrina, já choveu 21 milímetros [mais que o dobro previsto], mas isso justamente é um sinal do que pode acontecer”, conclui.

O QUE FAZER EM CASO DE TEMPESTADES?

De acordo com o Inmet, não é recomendado se abrigar embaixo de árvores em caso de rajadas de vento. Isso porque há risco de queda e descargas elétricas. Além disso, não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de transmissão.

Se for possível, também é sugerido desligar os aparelhos eletrônicos e o quadro geral de energia.

Por fim, para mais informações sobre o que não fazer durante uma tempestade, fale com a Defesa Civil (telefone no 199) ou Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Previous ArticleNext Article