Alpinistas urbanos lavam obelisco de 44 metros em Curitiba

Francielly Azevedo


Quem passar pela praça 19 de Dezembro, no Centro, de Curitiba, nesta terça-feira (30), vai se deparar com dois alpinistas urbanos escalando a escultura conhecida como o “Homem Nu”.  Utilizando técnicas de rapel, Matheus Momm e Jaílson Gilberto da Silva vão lavar o monumento de 44 metros, equivalente a um prédio de 15 andares. Segundo a Associação de Condomínios Garantidos do Brasil (ACGB/Vida Urbana), o trabalho deve durar de dois a três dias.

Há duas semanas os alpinistas fizeram um teste de ancoragem (sustentação de cordas) no ponto mais alto do obelisco. O objetivo foi testar o equipamento a ser utilizado e planejar a lavagem.

Ao todo, serão usados 200 metros de corda, além de presilhas, capacetes e equipamentos de segurança necessários para a descida. A prefeitura de Curitiba vai ceder um caminhão pipa e mangueiras de alta pressão utilizadas na limpeza.

No início deste mês, os alpinistas recuperaram o Viaduto João Negrão, mais conhecido como Ponte Preta, também no Centro. O local estava repleto de pichações.

“HOMEM NU”

Conhecido como “Estátua do Homem Nu”, o obelisco da praça 19 de Dezembro foi construído pelo escultor Erbo Stenzel. A obra é revestida de granito e possui, na parte da frente, um escudo do Paraná.

O monumento foi inaugurado em 1953, no governo de Bento Munhoz da Rocha, em comemoração ao centenário de emancipação política do estado.

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.