Aplicativo de diagnóstico precoce de Alzheimer seleciona 50 pessoas para exames gratuitos em Curitiba

Redação

aplicativo Altoida

Uma ferramenta de apoio ao diagnóstico precoce de demências, como o Alzheimer, está ofertando consultas gratuitas a moradores de Curitiba. Ao todo, 50 consultas serão cedidas por meio de um aplicativo.

A ação voluntária acontece no Dia de Conscientização da Doença de Alzheimer, celebrado hoje, 21 de setembro.

Os interessados em participar da seleção precisam se cadastrar no site https://www.biocare.net.br/dia-d/ e responder a um questionário rápido. Os moradores selecionados serão chamados para um teste presencial, agendado em uma clínica da cidade.

O paciente recebe um tablet e interage por meio de atividades lúdicas que mapeiam e analisam mais de 750 biomarcadores digitais exclusivos. 

O aplicativo ALTOIDA foi desenvolvido na Suíça e por meio dele mais de 120 mil pessoas no mundo já realizaram testes.

“Não existe nenhum método que identifique a doença de Alzheimer separadamente. Por isso, é preciso acompanhamento médico, exames clínicos e de imagem. As avaliações neuropsicológicas continuam fundamentais. Mas além daquelas realizadas com caneta e papel, já existem aliados hightechs que chegam para somar”, aponta Renato Anghinah, professor livre-docente em neurologia pela Faculdade de Medicina da USP (FMUSP).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="791412" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]