Aplicativo de motoristas mulheres com segurança móvel começa a operar

Narley Resende


O aplicativo de mobilidade urbana Frida Karro começa a operar neste fim de semana em Curitiba. O novo serviço, 100% curitibano, traz como diferenciais a exclusividade de motoristas mulheres, valor mais acessível que a concorrência e um inovador sistema de segurança armada. Apesar de operar somente com motoristas mulheres, o serviço aceita passageiros de ambos os sexos.

A festa de lançamento do Frida Karro será nesta sexta-feira (dia 1º), a partir das 22h, no Taj Bar, no bairro Batel. A intenção da empresa é testar o serviço em Curitiba e expandir para outras cidades.

As versões para smartphones do aplicativo podem ser baixadas a partir deste sábado (dia 2) nas lojas virtuais Play Store (para sistemas Android) e Apple Store (para sistemas IPhone).

Marcello Lombardi, idealizador do Frida Karro, destaca que a ideia de selecionar apenas mulheres motoristas foi baseada em estudos que comprovam que elas são mais cuidadosas ao volante. “Além disso, as mulheres transmitem mais segurança e confiança para aqueles que, como eu, têm filhas adolescentes que saem na balada e voltam de táxi ou usam aplicativos de transporte”, afirma.

Frida Karro é o primeiro aplicativo de mobilidade urbana a contar com um sistema de segurança armada. Todos os carros do serviço terão um botão de pânico, que será acionado em caso de desvio de rota ou atividade suspeita por parte do passageiro ou da motorista.

De acordo com a empresa, serão mais de dez centrais 24 horas da empresa Veter espalhadas pela cidade para garantir a segurança das motoristas e dos passageiros. Com isso, a estimativa é que, depois de acionado o botão de pânico, uma equipe tática leve em torno de 5 minutos para chegar até o veículo.

O Frida Karro inicia os trabalhos em Curitiba com cerca de 400 motoristas cadastradas.

Além delas, muitas outras já fizeram cadastro e estão sendo validadas para o trabalho após a participação em diversas palestras de apresentação do projeto.

Advogado e executivo Marcelo Lombardi em apresentação do aplicativo. Foto: divulgação
Advogado e executivo Marcelo Lombardi em apresentação do aplicativo. Foto: divulgação

Esses eventos contaram com o depoimento de mulheres com grande destaque profissional em Curitiba, como a atriz Regina Vogue, a diretora do Procon-PR, Cláudia Silvano, e a fundadora do Clube da Alice, Mônica Berlitz.

“Temos que buscar sempre o crescimento na carreira, ter paixão pelo que fazemos. Devemos sempre inovar e não ter medo do novo, só assim preservamos nossa liberdade. Por isso, acredito muito no sucesso do Frida Karro”, exalta Regina Vogue.

A meta dos investidores do projeto é ter mil mulheres cadastradas em Curitiba até o final do ano. Para ser uma motorista do Frida Karro basta preencher um formulário no site do aplicativo (www.fridakarro.com.br) e preencher alguns pré-requisitos, como ter carteira de motorista com EAR (exercício de atividade remunerada), que pode ser solicitado no Detran, certidão negativa de multas e antecedentes criminais e ser maior de 18 anos.

Também é possível obter mais informações pelas mídias sociais do Frida Karro: facebook.com/fridakarro e @instafridakarro no Instagram.

Previous ArticleNext Article