Aplicativo de motoristas mulheres terá botão de pânico e segurança armada

Narley Resende


Uma empresa nascida em Curitiba aposta no combate à insegurança enfrentada pelas mulheres e na
confiança cultural no gênero para lançar um aplicativo de transporte individual de passageiros. Com diferencial de contar com botão de pânico e segurança armada, o aplicativo Frida Karro já tem 500 motoristas cadastradas e deve ser lançado no dia 1º de dezembro.

Diferentemente de serviços como o Lady Driver, que só aceita passageiras que sejam mulheres, o aplicativo curitibano passageiros aceita homens. Apenas as colaboradoras devem ser do gênero feminino.

Idealizador da proposta, o empresário Marcello Lombardi afirma que o serviço também tem diferenciais para atender a demanda por segurança, tanto para mulheres e homens passageiros, quanto para as mulheres motoristas.

“Nós temos segurança armada, coisa que não existe em aplicativo nenhum do mundo. Tanto para as motoristas quanto para os passageiros. Nós vamos ter no aplicativo um botão de pânico. Em qualquer intercorrência, emergência ou risco, tanto o passageiro ou motorista podem acionar esse botão, que manda um sinal imediatamente para uma central de segurança que vai deslocar um tático armado até o local do veículo”, adianta.

Marcello Lombardi.
Marcello Lombardi. Divulgação.

Lombardi afirma que pretende expandir a plataforma nascida em Curitiba para outras cidades do País. “Uma empresa curitibana, com tecnologia desenvolvida por uma empresa curitibana, idealização do projeto é nossa, de Curitiba, ou seja, com DNA curitibano 100%. E Curitiba como é um mercado já conhecido por ser exigente e piloto em vários empreendimentos, vamos manter para validação na cidade. E a partir do ano que vem para outras praças, para expandir para o Brasil todo”.

“O projeto tem mais ou menos um ano. Foi justamente quando o STJ (Superior Tribunal de Justiça) se manifestou, mais ou menos na mesma época que o TST (Tribunal Superior do Trabalho) teve um julgado afastando o vínculo de emprego e também permitindo a funcionalidade dos aplicativos”, conta.

Frida 

O Frida Karro deve ser lançado em um momento de grande discussão sobre a atuação de aplicativos de transporte. De acordo com o empresário, a plataforma curitibana já está adaptada a possíveis mudanças na legislação.

“Já nasce em um momento de maturidade. Já representamos um avanço em relação aos outros, adaptados à regulamentação”, garante.

De acordo com o empresário, o nome Frida Karro, em alusão à artista Frida Kahlo, revolucionária e ícone do surrealismo e do universo feminino na década de 50, foi escolhido por representar a força feminina.

Frida“Frida Kahlo representa uma figura de luta, de ruptura e reinvenção. E é disso que trata no nosso aplicativo. É trazer um mercado de trabalho de oportunidade para as mulheres”, afirma.

Assim como academias, autoescolas, estúdios de tatuagem, e outras empresas exclusivas, o aplicativo de transporte segue uma tendência de mercado especializado para mulheres. O investimento para viabilizar o negócio curitibano não foi revelado pelo empresário.

Mesmo contando apenas com motoristas mulheres, empresa garante que começa a operar em dezembro com o mesmo número de profissionais de gigantes com a 99, que foi lançada em setembro em Curitiba e já atua em seis capitais do País.

5b34c9ff-9abf-4bdc-85d5-d789d0377dba

 

Previous ArticleNext Article