Após contingenciamento, UFPR anuncia fechamento do RU e outras medidas

A Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Finanças (Proplan), a Pró-Reitoria de Administração (PRA) e a Comissão de Ac..

Redação - 31 de maio de 2019, 17:36

Foto: Marcos Solivan
Foto: Marcos Solivan

A Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Finanças (Proplan), a Pró-Reitoria de Administração (PRA) e a Comissão de Acompanhamento do Orçamento do Conselho de Planejamento e Administração (Coplad) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) comunicaram, nesta sexta-feira (31), algumas medidas que devem ser tomadas nos próximos meses por causa do contingenciamento de verbas determinado pelo Ministério da Educação (MEC).

Segundo a instituição, as medidas são necessárias para manter o funcionamento da universidade. Na UFPR, o contingenciamento de 30% nas verbas representa um valor de R$ 48 milhões.

"As pró-reitorias informam que, se mantido, o valor bloqueado compromete todos os contratos de serviços da Universidade junto a seus prestadores de serviços terceirizados, assim como o pagamento de água e luz, com estimativas reais de suspensão das atividades da instituição para o mês de agosto", informou a universidade, em nota.

Com recursos reduzidos, a UFPR anunciou o fechamento dos Restaurantes Universitários (RUs) em julho, a redução de aulas em laboratórios e em campo, e aquisição de equipamentos. Veja as medidas anunciadas:

– Corte linear de 30% nas unidades administrativas (pró-reitorias, setores e demais unidades) e atividades acadêmicas (aula de campo, laboratório de graduação, entre outros);

– Solicitações de diárias e passagens deverão ser autorizadas pelos ordenadores de despesas apenas para fins de realização de concurso público ou eventualidade de natureza emergencial;

– Solicitações de transporte de natureza acadêmica ou atividade institucional deverão ser autorizadas pelos ordenadores de despesas apenas para viagens até locais com distância rodoviária máxima de 300km, a partir da sede. Cada viagem fica limitada ao número máximo de três diárias para os motoristas. Ficam proibidas saídas e chegadas entre 18h de sábado e 6h de segunda-feira;

– Empenhos para manutenção ou aquisição de equipamentos de laboratórios serão autorizados pela Proplan em caráter especial;

– Linhas intercampi e interpraias serão interrompidas no mês de julho;

– Serviços do RU serão suspensos em julho – no referido mês, a Pró-Reitora de Assuntos Estudantis (Prae) lançará um edital para atender os estudantes com fragilidade social;

– Permanente sensibilização da comunidade universitária para economia de água e energia elétrica.

Ainda de acordo com a UFPR, as ações estão em vigor e devem passar por nova avaliação em junho.

"As pró-reitorias solicitam compreensão e espírito solidário diante das necessárias escolhas, que afetam diretamente o cotidiano da UFPR. As medidas visam manter as condições mínimas de sobrevida institucional e acesso e permanência do público mais vulnerável da instituição", finaliza a instituição, no texto.